LA FIESTA FUE DE LA MEJOR HINCHADA DEL MUNDO

Na tarde desta quarta-feira (15), Barcelona e Boca Juniors disputaram o Troféu Joan Gamper no Camp Nou. E quem ganhou? O dono da festa.

 

Fonte : @booocaboooca

 

O Boca entrou em campo no esquema 4-3-3 com a seguinte formação: Andrada; Goltz, Buffarini, Izquierdoz, Olaza; Nández, Barrios, Reynoso; Villa, Ábila, Cardona.

 

O primeiro tempo foi um tanto morno. O Boca tinha sua saída de bola sempre marcada e com isso, teve dificuldades de armar as suas jogadas. O Barcelona, com essa  marcação forte, logo conseguiu armar um contra-ataque onde Malcon recebeu a bola na esquerda, correu para a área e chutou forte. A bola passou por debaixo do braço de Andrada e "morreu" dentro do gol. 1-0 Barcelona.

Logo após, outro contra-ataque fulminante dos espanhóis. Messi recebeu a bola no meio, correu em direção a área levando consigo a marcação e mesmo cercado tocou para o lado, onde se encontrava Munir, mas Buffarini tentou cortar o passe e a bola voltou aos pés de Messi, que chutou e ampliou o placar. 2-0 Barcelona.

 

No último minuto da primeira etapa, foi a vez do Boca partir para o ataque. O colombiano Villa conseguiu roubar a bola na direita e partiu na velocidade. Ele chutou, mas a bola bateu na trave e voltou no pé de Nández que ajeitou e chutou. Umtiti salvou praticamente em cima da linha.

 

Fonte : @bocajrsoficial

 

Na volta para o segundo tempo, os times voltaram mudados. No Boca saíram Ábila, Reynoso, Cardona, Nández, Barrios e Más, para as entradas de Zárate, Pablo Pérez, Pavón, Tévez, Almendra e Olaza respectivamente.

 

Boca levou sustos em uma jogada com Malcon e a outra com Munir, mas eles não obtiveram sucesso para ampliar o marcador. Logo após, Mauro Zárate recebe um belo passe da esquerda e parte sozinho. Era somente ele e o goleiro, mas a chance do Boca diminuir foi desperdiçada.

 

Em mais um contra-ataque do Barcelona,  numa jogada bem trabalhada, Rafinha fez tabela com Luisito Suárez na esquerda, "chapelou" Andrada e correu para completar para o gol, marcando assim o terceiro gol para os espanhóis.

 

Malcon em mais uma jogada, agora pela direita, chutou e Andrada fez uma excelente defesa.

 

Faltando seis minutos para o fim da partida, escanteio a favor do Barça. Vermallen "subiu" e conseguiu cabecear. Andrada novamente estava atento e fez linda defesa. Pavón ainda teve tempo de "meter a caneta" em Busquets antes do fim da partida.

 

O Boca perdeu sim, mas a torcida fez um espetáculo à parte. Desde a caminhada rumo ao Camp Nou, até o momento que estavam todos lá dentro, ninguém parou de cantar e de alentar a equipe. O espetáculo foi tão lindo que até os jogadores do Barça se surpreenderam e não tiraram os olhos da torcida xeneize.


 

Por Adriene Domingos