LA MANO DE DIOS É CROATA!

 

Para a felicidade argentina, Croácia derrota a Islândia, consolida a liderança do grupo e dá aquela mãozinha para os hermanos


 

(Foto: Veja SP)


 

Indo contra o desejo da maioria dos brasileiros, a Croácia não entregou o jogo para a Islândia, dando aquela “mãozinha” para os hermanos. Com os 2x1, os xadrezes não só espantam o fantasma da fase de grupos, como ficam na liderança,  evitando pelo menos por hora, o embate com a França. Na próxima fase a Croácia vai enfrentar a Dinamarca.

Zlato poupou vários atletas, preocupado com a possibilidade de suspensão por cartões. Dos titulares, somente Modrić e Perisic entraram em campo, o que deixou no ar a suspeita de que a Croácia não levaria a partida a sério.

O primeiro tempo foi lamentável, sem grande jogadas. Os croatas conseguiram neutralizar o camisa 10 Sigurdsson, o que tirou a mobilidade do adversário. A emoção viria mesmo na segunda etapa…

Enquanto a Argentina ia empatando com a Nigéria, o substituto de Rakitic, Badelj, deu conta do recado, carimbou a trave e logo em seguida  abriu o placar, depois de sobra na área, colocando os xadrezes na frente.


 

Badelj abriu o placar.

(Foto: Divulgação)


 

Depois do gol a Croácia voltou a jogar no café com leite. Aos 30’, Sigurdsson cruzou na área, a bola bateu na mão de Lovren e o árbitro assinalou pênalti! O camisa 10 foi pra bola e mandou pro gol sem chances para Kalinic. 1x1. Com o gol a Argentina ficava fora do Mundial!

No fim da partida, aos 44 minutos, Perisic dominou dentro da área  e chutou para o fundo das redes da Islândia! Era o gol da consolidação! Dos 100% de aproveitamento e que deixava a Argentina dependendo de si mesma para se classificar.

Depois de 20 anos, a sonhada participação em mata-mata é realidade e de quebra, com um tabu deixado pra trás: nunca a Croácia havia vencido todos os jogos da fase de grupos! Agora só interessa o xeque-mate nos dinamarqueses!

 

Por Mariana Alves