La T vuelve a ser Talleres de América

Em busca de fazer história na libertadores, Talleres entrará em campo justamente contra um copeiro, mas a confiança é grande!


 

@CATalleresdecba



 

Depois de 17 anos o Talleres de Córdoba volta ao torneio mais importante de toda a América do Sul e o sonho começa logo diante de uma pedreira: o São Paulo. Não será nada fácil, mas também não é impossível. Essa é a segunda participação do time cordobes na competição: a primeira foi em 2002,onde não passaram da fase de grupos.

 

CONHECENDO UM POUQUINHO O TALLERES

 

O time é da província de Córdoba, o seu rival é o Belgrano.   Os hinchas devem estar morrendo de inveja porque o maior rival está na Liberta e eles não, além do mais, os alvi-azuis têm o maior orgulho de dizer que La T é o primeiro clube cordobes a fazer um tour internacional em 1923 e também conquistou em 1999 o único título internacional do futebol de Córdoba.

 

O time vem muito bem na liga nacional e quer repetir o desempenho para conseguir avançar à próxima fase da Libertadores. Para a partida de logo mais, o DT Vojvoda não confirmou a escalação, mas liberou a lista de concentrados. São eles: Herrera; Caranta; Araujo; Gandolfi; Bersano; Díaz; Godoy; Tenaglia; Komar; Guiñazu; Valoyes; Cubas; Juarez; Pochettino; Ramírez; Soñora; Rivas; Palacios; Ortíz; Arias e Moreno.

 

Pablo Guiñazu, jogador experiente, que inclusive é um velho conhecido dos brasileiros, é o responsável  por comandar a equipe rumo a glória continental. Faltando pouco para a partida, em poucas palavras ele resumiu o que está sentindo:

 

“Sueño que el estadio está repleto, que la gente lo pueda disfrutar (Eu sonho que o estádio está cheio, que as pessoas possam se divertir)”.

 

Os hinchas todos estão com os nervos à flor da pele, nervosos, esperançosos e não é para menos: Liberta é Liberta né pai?

 

Prontos para a guerra?

 

 

           FICHA DA PARTIDA

           PRÉ-LIBERTADORES

        TALLERES X SÃO PAULO

 

Dia: 06/02

Hora: 21:30 ( Horário de verão de Brasília)

Local: Estádio Mario Kempes

 

Por Adriene Domingos ( xeneize fanática, mas ajudando os outros argentinos a serem conhecidos).