LEC conquista o tetracampeonato do interior do Paraná

 

 

Conquista veio após o empate em 1 a 1 com a equipe do Cianorte. Na primeira partida, o alviceleste havia vencido o Leão pelo placar de 4 a 1. Este é o terceiro título do seguido do Tubarão como campeão do Interior.

 
 

Título é título e deve ser comemorado. Na tarde de ontem, 7, o Londrina Esporte Clube conquistou o tetracampeonato do Interior do Paraná ao empatar em 1 a 1 com o Cianorte, em partida realizada no estádio Albino Turbay. Como no jogo de ida o Tubarão tinha vencido por 4 a 1, o resultado de ontem garantiu a conquista de mais um título para o alviceleste.


O Leão saiu na frente do placar com gol de Xavier, aos 25  minutos do segundo tempo. Dois minutos depois, Euller empatou para o Tubarão.


O título do interior é contestado por parte da torcida do Tubarão. Alegando ser um prêmio de consolação, que desmerece os times do interior. Desde que voltou a figurar na primeira divisão do Campeonato Paranaense, em 2011, este é o terceiro título consecutivo do Interior conquistado pelo LEC. Em 2014,  o Tubarão foi campeão estadual em cima do Maringá. E a ascensão meteórica do alviceleste não parou desde então.

 


unnamed.jpg

O interior do Paraná tem dono

Foto: Gustavo Oliveira - Londrina Esporte Clube

 


O título do interior revela que as equipe fora da capital tem potencial para disputar e entrar na briga pelo título. O LEC, nas semifinais, voltou para casa com a missão de vencer o Atlético Paranaense. O placar terminou em 2 a 1. Mas a eliminação veio nos pênaltis. Foi doloroso, pois o time jogou melhor, se impôs e merecia a classificação.


O próprio Cianorte chegou a sonhar com uma final, ao vencer o Coritiba por 1 a 0 na primeira partida das semifinais. O interior é forte e merece respeito.

 


DANILO PAREDÃO ETERNO


Depois de conquistar o título do Interior do Paraná, o elenco alviceleste prestou uma homenagem para os pais do goleiro Danilo Padilha, o eterno paredão, Dona Ilaídes e o Senhor Nilson.


Os goleiros Alan e César entregaram uma camisa autografada pelo elenco, agradecendo tudo o que foi feito por Danilo durante sua passagem no Tubarão.


Dona Ilaídes agradeceu e comoveu a todos dizendo: "Não podemos desistir dos nossos sonhos. Danilo aonde estiver, estará olhando por vocês, tenho um carinho muito grande pelo Londrina e sempre estarei na torcida", afirmou.


Danilo foi uma das vítimas fatais na queda do avião da Chapecoense em novembro do ano passado. Pelo LEC, se tornou campeão, ídolo e estará para sempre no coração da torcida alviceleste.    

 


QUE VENHA A SÉRIE B!


O LEC estreia no próximo sábado no estádio do Café, 13, na Série B do Campeonato Brasileiro, contra o Internacional. A expectativa é que este ano o Tubarão conquiste o acesso à série A do Brasileirão. Em 2016, batemos na trave e quase conquistamos o acesso à elite do futebol nacional.


E que também vença a primeira partida do campeonato, uma vez que no ano passado, o LEC perdeu pelo placar de 1 a 0 para o CRB.

 



FICHA TÉCNICA


CIANORTE 1 X 1 LONDRINA ESPORTE CLUBE

 


CIANORTE: João Gabriel, Jackson, Felber, Maurício e Ganzer (Gerônimo); Sidnei, Eduardinho ( Dandan), Léo Gago e Xavier; Vinícius e Lucas Pará (Waldo). Técnico: Marcelo Caranhato.


LONDRINA: Alan, Lucas Ramon, Sílvio, Ícaro e Igor Miranda; Rômulo, Bídia (Luizão), Júlio Pacato (Welton) e Robinho; Marcinho (Yaya Banhoro) e Euller. Técnico: Aléssio Antunes.


LOCAL: Estádio Albino Turbay.

ÁRBITRO: Marcos Vinícius Soares Martins.

ASSISTENTES: Arestides Pereira da Silva Junior e Marcelo Pavan.


GOLS: Xavier, pelo Cianorte, aos 25 minutos do segundo tempo, e Euller aos 27 minutos da etapa complementar, para o LEC.

 


Viviane Alexandrino