Logo eu... Burro da Central

Na última sexta-feira dia 10, o Nhô Quim recebeu o Burro da Central no Barão de Serra Negra – Piracicaba, para realização da quarta rodada do Campeonato Paulista Série A2.

 

C:\Users\Luiz\Desktop\mulheres em campo.jpg

Foto: Mulheres em Campo

 

Para quem aguardava um verdadeiro clássico caipira, o primeiro tempo da partida trouxe pouca emoção ao torcedor.

Foi o segundo tempo que fez valer as três horas de estrada para apoiar o time. Aos 6’ Bruninho abriu o placar para o XV após passar por três jogadores do burro.

 

Como diz o próprio hino do time taubateano, os jogadores em campo tiveram que mostrar sua garra, Everton após receber a bola de Cassinho, fez a rede balançar ao igualar o placar (14’).

 

A torcida não havia acabado de comemorar o primeiro gol do E.C.T, quando Cassinho em uma belíssima cobrança de falta aos 17’, mandou a bola direto no ângulo esquerdo.

Em um lance altamente duvidoso, inexistente, Gilsinho é “derrubado” dentro da área, e o árbitro deu pênalti. Romarinho então marca para o XV aos 22’.

 

Fim de jogo, XV de Piracicaba 2 X 2 Esporte Clube Taubaté.

Um fato rendeu muita risada aos visitantes, durante o jogo a torcida do Nhô Quim, irritada com o juiz, começa a chamá-lo de burro. Claro que a torcida do Burro da Central aproveitou a situação, dando a impressão de que o estádio todo apoiava o time do vale do Paraíba.

 

C:\Users\Luiz\Desktop\bruno castilho.jpg

Foto: Bruno Castilho / EC Taubaté

 

Com o primeiro tempo bem morno, tive tempo o suficiente para observar o Barão e a torcida presente, confesso que esperava uma torcida maior para o time da casa, mesmo sabendo que a situação do XV, no momento, não é favorável a grandes públicos. Voltei para casa sem ouvir o tão falado “hino caipira do XV”, o que me deixou um pouco desapontada.

 

Vaiados pela torcida local ao deixar o campo, o time de Piracicaba bem que tentou, mas morreu na praia. Com o empate no jogo de sexta, o Nhô Quim segue na zona de rebaixamento. O Burro da central continua invicto, porém está em seu terceiro empate consecutivo.

 

Esporte Clube Taubaté


Maurício; Rafael Ferro, Edgar, Junior Campos e Rodrigo Soares; Alex Silva e Alan Mota; Cassinho, Tiago Tremonti (Caíque) e Léo Aro (Gabriel); Everton.


Técnico: Evaristo Piza

 

XV de Piracicaba


Mateus Pasinato; Zé Mateus, Doni, Cunha e Samuel; Clayton, Maranhão (Carlinhos) e Gilsinho; Romarinho, Bruninho (Pizzi) e Bruno Aquino (Rafael Gomes).

Técnico: Cléber Gaúcho

 

Gols

Bruninho (6'/2ºT), Everton (14'/2ºT), Cassinho (17'/2°T), Romarinho (22'/2ºT)

 

Cartões amarelos

 

XV de Piracicaba: Maranhão, Zé Mateus

E.C.Taubaté: Rafael Ferro, Edgar, Caíque


 

Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza

Árbitro Assist 1: Risser Jarussi Corrêa

Árbitro Assist 2: Paulo Cesar Modesto

Quarto Árbitro: Jefferson Dutra Giroto


 

Nota ao Presidente do E.C.T: bater palma para a torcida depois de falar que não precisar apoiar o time fora de casa? Vai ser vaiado SIM.

 

Próximo jogo do Burro será dia 15/02 as 20:00 horas no Joaquim de Moraes Filho contra o Batatais pela 5º rodada do Campeonato Paulista Série A2.

 

*Feliz Aniversário ao grande torcedor e apoiador do E.C.T, Alfredo Abraão.

 

Nos vemos na bancada.

Ana Clara Lindegger – Orgulho de ser Taubaté.