Lusa joga mal e empata com o Água Santa

 

Portuguesa e Água Santa empataram nesta terça-feira
(Foto: Le Vianna/Gazeta Press)

As coisas parecem estar de mal a pior pelos lados do Canindé. Em quatro jogos pela série A2 do Paulista, a Portuguesa soma um gol marcado, duas derrotas, um empate e uma vitória, totalizando apenas 4 pontos no campeonato. A equipe rubro-verde entrou em campo nesta terça-feira, 7, e empatou por 0 a 0 contra o Água Santa, no estádio Distrital do Inamar, em Diadema.

Sem nenhuma chance clara de gol, a Portuguesa contou com uma novidade para a partida: Ricardo Berna, recém-liberado pelo BID. O goleiro trouxe mais confiança ao time e fez com algumas belas defesas.

As duas equipes não conseguiram criar grandes jogadas durante o primeiro tempo. Tárik, aos 15 minutos, tentou finalizar para a Lusa, mas a bola saiu pela linha de fundo.

Já no segundo tempo, Tuca Guimarães fez duas alterações: Michel e Bruno Farias nos lugares de Danilo e Bustos. A equipe rubro-verde melhorou um pouco, porém, assim como no primeiro tempo, não teve grandes chances de abrir o placar. Destaque novamente para Berna, que fez uma grande defesa aos 33 minutos e livrou a Lusa de uma possível derrota.

Com os ânimos alterados, a torcida lusitana quebrou o vidro entre a arquibancada e o gramado e a Portuguesa deve arcar com o prejuízo.

A Lusa segue na 14ª colocação e busca a segunda vitória no campeonato diante do Sertãozinho, na sexta-feira, 10, às 19h15, no estádio do Canindé.

Ficha técnica:
4ª rodada:
Água Santa 0 x 0 Portuguesa.
Data: 07/02/2017.
Horário: 16h.
Local: estádio Distrital do Inamar.
Público pagante: não divulgado.

Portuguesa:
Ricardo Berna; Bruno Santos, Vinícius Gouveia, Everton, Thiago Feltri; Dinho, Tárik, Danilo (Michel), Mateo Bustos (Bruno Farias); Bruno Silva (Bruno Xavier) e Adilson.
Técnico: Tuca Guimarães.

Água Santa:
Richard; Paulo Henrique, Leandro Silva, Rodrigo Sam e Julinho; Serginho, Patrik, Elias (Ivan) e Bruno Smith (Everton Sena); Danielzinho e Raí (Gabriel Duarte).
Técnico: Jorginho.

De rubro-verde para rubro-verde, Thaís Santos.