MAIS DIFÍCIL DO QUE EU PENSAVA

           (Foto: Jefferson Viana)


Saudações alvirrubras!


Vergonhaaaaaaaa, vergonha… Ah CRB se eu não te amasse tanto assim já teria jogado a toalha. Quantas vezes eu me pergunto o motivo pelo qual resolvi sofrer por futebol. Meu time e ingrato comigo, só sabe me iludir. Ele me bate, eu viro a outra face e ele torna a bater de novo. O que é CRB, o G4 faz medo? Há mais de três décadas desejamos ver o time na Série A e nada disso acontecer. A gente é obrigado a ouvir os outros tirando sarro da nossa cara. Os rivais vivem tirando casquinha, fazendo piadinhas maldosas, mas a gente consegue responder à altura, colocando os indivíduos no lugar deles, mas aí, mais uma rodada pela frente e é mais uma vergonha. Eu já estou bem cansada desse tipo de atrocidades que vem acontecendo do nosso lado. O que aconteceu dessa vez? Qual será a desculpa esfarrapada para o empate da noite deste sábado? Desculpa falar, mas tem horas que o Regatas não merece a torcida que tem. 

O time vacilou feio diante do Oeste. Onde já se viu a gente abrir o placar, deixar os donos da casa virarem, a gente virar de novo o jogo e no final, quando a vitória parecia certa, sofrer o empate? Se foi feio, isso foi ridículo. O time não pode recuar da maneira que fez na segunda etapa. A maneira como jogou, especialmente no segundo tempo, foi horrorosa. Não pareceu atitude de um time que queria subir de divisão. Depois vão me chamar de corneteira chata, mas aquilo que vi, o time apagar assim do nada, foi dolorido demais. Sangraram os meus olhos. 

Agora vamos ver como foi o jogo do vacilo. 


Primeiro tempo foi todo do CRB, que entrou com proposta ofensiva, proposta de time que quer subir. Tanto que, o gol demorou mas saiu, através dos pés de Alisson Farias, que aproveitou o lançamento e mandou para o fundo das redes. 


Com o Regatas a frente do placar, veio a segunda etapa da partida, que me levou do céu ao inferno. A equipe alvirrubra recuou, pecou na marcação e dormiu por alguns minutos, o que fez com que a equipe mandante, o Oeste, conseguisse virar para 2x1 com gols de Fábio e Thiaguinho. 

Depois do blackout no CRB, foi a vez de Léo Ceará, nosso menino Léo Ceará entrar em ação e virar o placar a nosso favor para 3x2, em plena Arena Barueri. Quando a nossa vitória estava praticamente garantida, outro erro grotesco comprometeu o nosso desempenho, o que acarretou no gol de empate do Oeste, na cabeçada de Cléber Reis. Os nossos três pontos nos foram arrancados já no apagar das luzes, quando seria dado o apito final. 


Ah mais o Regatas volta para casa com 1 ponto na bagagem… "grande coisa". O Oeste roubou da gente 4 pontos nesse Brasileirão. Em casa, no primeiro turno, também estávamos na frente do placar e os caras empataram em 2x2. O filme se repetiu, com a gente em vantagem e eles conseguindo o empate em 3x3 bem no finalzinho da partida. 


Com o horrendo placar, o Glorioso Alvirrubro dorme na sexta colocação na tabela, com 47 pontos. Até o fim do campeonato haverá confrontos contra times que estão na parte de cima da tabela, e esse será o momento de não cometer erros. Daqui para frente qualquer vacilo poderá nos deixar de fora da Série A. Então acorda gente, não façam mais esse tipo de coisa e garantam o triunfo quando a gente jogar. 

Você CRB me ilude demais, me faz raiva demais,  mas eu te amo. 


O próximo jogo será na terça-feira (05), às 21:30, diante do Cuiabá, lá em MT.  


Reage meu Glorioso Alvirrubro, reage! 


Por Adri Domingos