Mais um clássico, mais uma derrota!

(Foto: Folha UOL)

Os jogadores do São Paulo entraram no Pacaembu neste domingo (13) em horário diferente para jogos no Brasil, às 11h00, mas, o futebol apresentado foi o mesmo que nos últimos meses!

Com pouco mais de 14.000 torcedores, o estádio Paulo Machado De Carvalho recebeu o clássico entre São Paulo x Palmeiras. Os “donos da casa” por incrível que pareça iniciaram bem a partida, nos 35 primeiros minutos de jogo manteve a maior posse de bola e maior domínio, chegando com frequência ao gol alviverde, aos 27 minutos Carlinhos cobrou falta pela esquerda, João Schmidt subiu de cabeça e marcou, porém o Juiz alegou impedimento. 

O Tricolor acumulava sete chances de gol e o Palmeiras nenhuma, porém, o Técnico interino percebeu a ineficiência e resolver trocar Allione e Dudu de lado do campo,  o que fez total diferença para a equipe, que chegava cada vez mais ao gol e até marcou de cobertura com Dudu, porém o arbitro Raphael Claus marcou falta do ataque palmeirense e anulou o gol. 

Logo no inicio do segundo tempo, Ganso, Calleri e Centurión saíram do banco de reservas para ocupar as vagas de Daniel, Kardec e Rogerio respectivamente, o time do São Paulo voltou a mostrar um futebol apático e lento dos últimos jogos, e aos 29 minutos viu Dudu se antecipar a Caramelo e bater no ângulo direito do gol tricolor e abrir o Placar, dai em diante só deu Palmeiras, e já no final dos jogo aos 41 minutos da segunda etapa Robinho marcou um golaço de perna esquerda. Fim de jogo e mais uma derrota em clássico.

O Técnico Edgard Bauza acredita que o time jogou bem e que faltou firmeza na hora de finalizar.

“O problema maior foi a falta de contundência, porque o desde o início do jogo tivemos posse, mas não convertemos. Vamos tratar de treinar o que queremos melhorar para ver se podemos melhorar a efetividade, porque a equipe chega e não marca. Tivemos uma atitude boa, defensivamente trabalhamos muito, nos organizamos. Nos falta melhorar na frente”

O São Paulo não vence um clássico a mais de 9 meses. A ultima vitória contra um dos principais adversários foi em 03 de junho de 2015 contra o Santos. Dai em diante foram 9 partidas 7 derrotas e 2 empates. 25 gols tomados. É inacreditável a total falta de compromisso que elenco vem apresentando. 

Últimos 10 Clássicos do Tricolor Paulista

Jogo

Placar

Data

São Paulo x Santos

3 x 2

03/06/15

Palmeiras x São Paulo

4 x 0

28/06/15

São Paulo x Corinthians

1 x 1

09/08/2015

Santos x São Paulo

3 x 0

09/09/2015

São Paulo x Palmeiras

1 x 1

27/09/2015

São Paulo x Santos

1 x 3

21/10/2015

Santos x São Paulo

3 x 1

28/10/2015

Corinthians x São Paulo

6 x 1

22/11/2015

Corinthians x São Paulo

2 x 0

14/02/2016

São Paulo x Palmeiras

2x0

14/03/2016

 

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO 0 X 2 PALMEIRAS

Local: estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Campeonato: Paulista
Rodada: 9ª 
Data: 13 de março de 2016, domingo
Horário: 11 horas (de Brasília)
Público: 13.466 pagantes (Total 14.051)
Renda: R$ 495.978,00
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho e Carlos Augusto de Nogueira Junior (ambos de SP)
Cartões amarelos: Hudson, Bruno, Maicon e Caramelho (São Paulo); Edu Dracena, Matheus Sales e Dudu (Palmeiras)
Gols: PALMEIRAS: Dudu, aos 29, e Robinho, aos 41 minutos do segundo tempo
SÃO PAULO: Denis; Caramelo, Rodrigo Caio, Maicon e Carlinhos; João Schmidt, Hudson, Rogério (Centurión), Daniel (Paulo Henrique Ganso) e Michel Bastos; Alan Kardec (Calleri)
Técnico: Edgardo Bauza

PALMEIRAS: Fernando Prass; Lucas (João Pedro), Edu Dracena (Thiago Martins), Vitor Hugo e Zé Roberto; Matheus Sales, Arouca, Robinho e Allione; Dudu (Gabriel Jesus) e Alecsandro
Técnico: Alberto Valentim

Ambos os times tem o próximo compromisso voltado a Libertadores da América, o Palmeiras enfrenta o Nacional do Uruguai na quinta-feira (17) ás 21h45 ( Horário de Brasília).

Já o São Paulo joga contra o Trujillanos na Venezuela na quarta-feira (16) ás 19h30 (Horário de Brasília).

A equipe já se apresentou ao CT da Barra Funda e trabalha firme para o confronto que é mais um final antecipada na Libertadores da América. O tricolor é terceiro colocado no grupo 1 ainda não venceu  tem 2 jogos 1 derrota e 1 empate na Argentina contra o River Plate. Este mesmo River Plate jogou com os Venezuelanos  marcou 4 em pleno José Alberto Perez.

Já no Paulistão o Tricolor entra em campo domingo (20) contra o Ituano. 

Jéssica Nogueira Gonçalves