Mais um clássico, mais uma vitória.

 

Em jogo decisivo pela quarta rodada do hexagonal, o Confiança sai com a vitória e se mantém firme na competição.

 

Foto: Instagram Confiança Oficial

 

 

Não teve pra ninguém! Nesta última quarta-feira (03), o Dragão enfrentou seu maior rival, o Sergipe, pela terceira vez no ano e somou mais uma vitória no histórico de clássicos.

 

A partida inicialmente estava equilibrada. Era fácil enxergar um Confiança superior comparado aos jogos da primeira fase do Campeonato Sergipano.

 

O técnico Daniel Paulista resolveu mexer na estrutura do jogo e na posição de algumas peças da equipe. Atitude sensata que trouxe resultado proveitoso para a equipe do Dragão.

 

Rafael Vila aproveitou falha da defesa colorada e, após cruzamento de Marcelinho para Italo, mandou pra dentro do gol abrindo o placar para o Confiança aos 17” do primeiro tempo.

 

A volta para o segundo tempo mostrou que a equipe do Siqueira Campos já tinha entendido o estilo de jogo do Dragão. Aos 4” o Sergipe aproveita a oportunidade e deixa tudo igual na Arena Batistão.

 

O Confiança sentia um pouco de dificuldade em jogar, enquanto o Sergipe ia pra cima para pelo menos manter o placar. Mas o desespero era nítido e evidenciado com os 3 cartões amarelos que a equipe do Sergipe recebeu até então.

 

O técnico Daniel Paulista resolveu mexer no time apenas aos 30” do segundo tempo, substituindo Jussimar por Jonatas e Rafael Vila por Rafa Marcos. O jogo seguia tenso para ambos, mas o time proletário resolveu não se entregar e correr atrás, literalmente, da vitória.

 

Aos 40” do segundo tempo, Italo aproveita contra ataque e toca pra Jonatas que faz o segundo da equipe azulina. Após o último gol, muitas outras oportunidades de aumentar o placar pro lado azulina foram desperdiçadas, mostrando mais uma vez a deficiência nas finalizações.

 

Com esse resultado, o Confiança eliminou o Sergipe do Campeonato Sergipano, e se manter líder na competição com 8 pontos, 2 a frente do segundo colocado, o Frei Paulistano.

 

Escalação:

1 - Jean

2 - Marcelinho

3 - Simon

4 - Anderson

5 - Jardel

6 - Radar

7 - Vila

8 - Flávio

9 - Betinho

10 - Jussimar

11 - Italo

Técnico: Daniel Paulista

 

Por Hellen Rangel