Mais uma derrota

 

 

Derrotas acontecem. Umas são inevitáveis e outras não. Tem dias que dá tudo errado ou dias que uma fatalidade muda o curso do jogo. Acontece que agora não é mais um acaso, não dá para culpar o destino. O elenco mais valioso do Brasil está apenas entrando em campo. Está faltando tanta coisa mesmo tendo tudo. Faltava meio de campo e criação, trouxemos. O gol estava arriscado, trouxemos o melhor goleiro do mercado. Fizeram campanha "Fora Zé Ricardo", no caso a Nação Rubro-Negra foi ouvida e o treinador foi deposto, mesmo que o quadro político fosse contra. Agora trouxemos um técnico vencedor por onde esteve, mas será que dará jeito?

 

A partida de ontem parecia uma sexta-feira 13. Os pais rubro negros terminaram sua data sem motivos para celebrar - claro que no futebol - afinal paternidade tem muito mais a ver com amor a família. Por falar nisso, falta amor à camisa, a história do clube e ao décimo segundo jogador. Na partida de ontem aconteceu uma sucessão de erros: um visitante apático que não conseguia fazer o que precisava, piorava a situação e mal conseguia manter a bola. Em uma partida em que havia pressão para ambos os times, já no início, cada um teve uma chance boa de marcar. Porém, aos 15 minutos do primeiro tempo, pênalti em Liam que Fabio Santos converteu no gol de Diego Alves. Novamente o último passe no ataque não deu certo e pecamos nas finalizações.

 

 

 

20170813175128_330.jpg

Foto: Staff Images - Flamengo

 

 

 

 

No segundo tempo, Trauco aos 7 minutos foi expulso pelo segundo amarelo na falta em Marcos Rocha. Com um a menos, o buraco que ficou, foi aproveitado pelo Galo. Luan, que foi o melhor em campo, desceu pela direita e cruzou para Rafael Moura. O chute desviou na zaga e a bola ficou certeira para ele mesmo completar e ampliar o placar. A equipe mineira manteve a tranquilidade e garantiu a vitória. Já o Flamengo se afundou ainda mais em uma crise e colocou em cheque todo o investimento feito.

 

Enquanto na Sul-Americana o time carioca passou fácil, mesmo que tenha levado um susto no primeiro jogo, na Copa do Brasil o Flamengo terá um clássico. O próximo compromisso é o primeiro jogo da semifinal contra o Botafogo, na quarta-feira (16) às 21:45, no Engenhão. É provável também a estreia do novo técnico rubro-negro Reinaldo Rueda, que só não estará em campo caso o visto de trabalho não saia a tempo. Esperamos que o futebol desse elenco apareça no Brasileiro, pois é inaceitável um time com salários exorbitantes, em dia e com uma grande estrutura, entrar em campo sem raça e sem paixão, que são a essência do Flamengo! Boa sorte para o novo treinador e que ele encontre o tal DNA preto e vermelho!

 

 

 

Paula Barcellos