Mais uma vitória. Mais uma virada!

Como era de se esperar, antes do jogo do Grêmio nesta quinta-feira (04) pelo Gauchão, os torcedores Tricolores apostavam em vários resultados possíveis para a partida. Houve aqueles que apostaram na vitória fácil sobre o Aimoré, com vantagem de três gols ou mais. Também se viu torcedores que esperavam uma vitória mais apertada, com um 1 a 0 talvez. Era difícil encontrar algum gremista que apostasse em um empate ou na derrota do seu time. Porém, o que os Tricolores muito provavelmente não esperavam foi o que, de fato, aconteceu: uma vitória, de virada e com o mesmo placar do jogo do último domingo (31/01), contra o Xavante.

O Grêmio, mandante da partida, mas jogando fora de casa, recebeu o Aimoré no Estádio do Vale, na cidade de Novo Hamburgo. O início da partida desenhou-se com o Tricolor propondo o jogo. Entre jogadas trabalhadas pelo meio campo ou na bola parada, o time gremista criou chances de ataque consideráveis nos primeiros 15 minutos. Aos 16, Éverton não comemorou seu terceiro gol na temporada por muito pouco. O jogador avançou pela esquerda do ataque gremista até a entrada da grande área, de onde chutou forte de direita, diretamente na trave.

Mesmo com alguns erros de passe, a pressão do Tricolor continuou. Entretanto, foi o Aimoré quem abriu o placar.  Aos 23 minutos do primeiro tempo, João Henrique roubou a posse de bola que estava com Pedro Rocha, ainda no campo de ataque gremista, avançou e encontrou Elias em velocidade. O jogador do Aimoré não foi alcançado por Wallace Oliveira e concluiu de forma decidida para colocar o time de São Leopoldo na frente. A exemplo do último domingo, o Tricolor se viu com a necessidade de correr atrás do empate. Em função disso, as jogadas de ataque gremista se multiplicaram em sequencia, e a defesa do Aimoré se defendia como conseguia. O destaque vai para o goleiro Alessandro, que foi decisivo em parar os atacantes do Grêmio com, no mínimo, duas defesas sensacionais.

Mas, aos 35 minutos, nem mesmo Alessandro conseguiu parar Éverton que, ao receber passe de Pedro Rocha, passou pelo goleiro adversário para marcar o gol do empate gremista. Com 3 gols em 3 partidas jogadas em 2016, Éverton firma-se cada vez mais no ataque do Tricolor. O jogador de 19 anos, que começou a ganhar espaço no time titular ainda no final da temporada passada, está ganhando cada vez mais a confiança do técnico Roger Machado e do torcedor. O Grêmio ainda criou chances de virar o jogo ainda no primeiro tempo, mas os times foram para o intervalo com a igualdade do placar.

Fonte: Facebook Oficial Grêmio FBPA 

O domínio Tricolor era evidente nos primeiros movimentos do segundo tempo, onde apenas o time de Porto Alegre atacava. Um pouco antes dos 15 minutos da etapa complementar, o treinador Roger chamou para entrar na partida o meia Lincoln, jogador de 17 anos que teve boa atuação contra o Avaí, na semana passada. O jovem entrou no lugar de Douglas. Mas antes de deixar o campo, o camisa 10 Tricolor fez um bom lançamento para Éverton, que estava avançado pela esquerda do ataque e encontrou e cruzou para Luan que, posicionado no meio da pequena área e assumindo por um instante o papel de centroavante tradicional, marcou o gol da virada do Grêmio.

À frente no placar, Roger optou pelas substituições de Luan por Bobô, e de Pedro Rocha por Fernandinho. E foi exatamente Fernandinho que, aos 33 minutos, marcou o terceiro gol do Tricolor, praticamente sacramentando a segunda vitória no Campeonato. Para isso, Wallace Oliveira encontrou o atacante em boa posição pela direita, lançando a bola de forma precisa para Fernandinho avançar sozinho em velocidade e marcar o seu gol na partida. Com o resultado vitorioso de 3 a 1, o Grêmio é o líder do Campeonato Gaúcho, com 100% de aproveitamento nas duas primeiras rodadas.

Fonte: Facebook Oficial Grêmio FBPA 

Em entrevista coletiva após a partida, o técnico Roger destacou novamente a capacidade do seu grupo de responder de forma eficaz a desvantagem no placar, e buscar a vitória na situação adversa pela segunda vez no Gauchão. Entretanto, o comandante gremista ressaltou que este tipo de situação exige muito dos atletas, tanto física quanto taticamente. Visto que o time se prepara para uma competição que possui um nível de dificuldade elevado, a Libertadores da América, Roger enfatizou que é preciso trabalhar para não dar chance aos adversários saírem à frente no placar, principalmente em situações pontuais, como foi no jogo contra o Aimoré. Sobre o próximo compromisso do Tricolor, o treinador garantiu time titular na partida contra o Coritiba, no próximo domingo (07), na Arena do Grêmio, em jogo válido pela Primeira Liga.

Para o torcedor gremista, ficam algumas impressões importantes após essa segunda partida do Grêmio pelo Gauchão. A principal delas é em relação ao tão questionado ataque Tricolor. A marca de 6 gols em duas partidas e a participação de vários jogadores nas conclusões deve ser vista com bons olhos. Para aquele torcedor que gosta de um pouco de superstição, fica a lembrança de que a última vez que o Grêmio iniciou o Campeonato Gaúcho com duas vitórias consecutivas foi em 2010, quando conquistou o título pela última vez...

 

Cíntia Menzomo