MAL ESCALADO, FLAMENGO É DERROTADO PELO EMELEC NA LIBERTADORES

 

 

 

Em noite infeliz, o time da Gávea foi até o Equador enfrentar o Emelec e acabou derrotado por 2x0. Para falar a verdade, o problema começou na escalação, quem viu os 11 titulares antes do jogo começar, já imaginou que “daria ruim”. 

Quer ganhar a Libertadores? Não dá para ir a campo com o infeliz do Rodinei de titular, não tem como por Rafinha para jogar de ponta, ou deixar Cuellar no banco para Arão. Isso é inadmissível! 

Libertadores é a base de raça. 

Depois que o Flamengo levou o primeiro gol, que por sinal foi um gol bobo demais, o time carioca começou a tentar controlar a partida,  mas a marcação do Emelec evitava qualquer reação. O time da Gávea terminou o primeiro tempo perdendo por 1x0, com gol que saiu dos pés de Godoy. 

Na volta do intervalo, aos 8' Vega foi expulso por acertar o rosto de Rafinha, ficamos com um a mais, mas na verdade nada mudou, não fez muita diferença. E por fim, o aniversariante da noite, Jorge Jesus, que estava completando 65 anos, acordou, mas já era tarde. Colocou Lincoln pra dar um "gás" na partida, mas que gás se ele é lento? Voltem  ele para a base, por gentileza. Jesus também colocou Cuellar, mas até então, os donos da casa continuavam comandando o jogo.

Pensávamos que o pior não iria acontecer, mas aconteceu... Deu ruim, meus amigos!

Caicedo aproveitou a oportunidade de um contra-ataque aos 39' do segundo tempo e marcou o 2° gol da partida para o Emelec. A bola chegou a desviar no miserável do Renê antes de morrer nas redes. 

O juiz deu seis minutos de acréscimos, mas foi a mesma coisa que nada, O Flamengo estava com Lincoln em campo, Lucas Silva, Cuellar mas não fez muita diferença. E.. fim de jogo! 

O que mais temia aconteceu. O time Rubro-Negro foi derrotado no Equador! Além do resultado doloroso, o Flamengo acumulou mais uma lesão para a conta. Diego sofreu uma fratura e provavelmente não jogará o jogo de volta e ficará um tempinho dos gramados. 

Agora, os comandados de Jorge Jesus precisam vencer por três gols de diferença para avançar para às quartas de finais da Copa Libertadores da América, coisa que não acontece há 9 anos, e também, se não quiserem levar a decisão para pênaltis. Que por sinal, a última competição que disputamos, a Copa do Brasil, fomos eliminados nos pênaltis. 

O cenário complicou, porém que sorte a nossa o jogo de volta ser no Maracanã. Quarta que vem, dia 31, serão 90 minutos de tensão, nervosismo e ansiedade, é torcer com fé e acreditar na classificação, nada é impossível dentro das quatro linhas. 

 

TUA GLÓRIA É LUTAR!  

Por: Rhayanne Athyrssa.