MANCHESTER CITY SE GARANTE NAS OITAVAS, ENQUANTO LYON E SHAKHTAR IRÃO BRIGAR PELA ÚLTIMA VAGA

 

Sem dúvidas, os dois jogos do grupo F, foram os mais movimentados desta rodada da Liga dos Campeões, disputados nesta terça feira (27).

Lyon e Manchester City fizeram uma partidaça, que acabou empatada, e garantiu a classificação do time inglês para as oitavas de final.

(Foto: Twitter do Manchester City)

Na outra partida, o Shakhtar Donetsk ressuscitou na Champions League, ao vencer fora de casa o Hoffenheim. Com a vitória, o time ucraniano só precisa vencer na última rodada para carimbar o passaporte para as oitavas de final.

(Foto: Twitter do Shakhtar Donetsk)

Jogando em casa, o Lyon precisava da vitória para se garantir nas oitavas de final, o time francês foi superior no primeiro tempo, tendo muitas chances claras de gols, mas sem sucesso.

O time inglês também tinha suas chances, mas assim como o Lyon, pecava nas finalizações.

Os gols só vieram na etapa complementar. Depois de perder tantos gols, finalmente o Lyon abriu o marcador. Logo aos 9' da etapa complementar, Cornet recebeu a bola pela direita, puxou para a esquerda e bateu no ângulo, sem chances para o goleiro  Ederson.

O empate do time de Guardiola não tardou, e aos 16', Laporte sozinho empatou, após um desvio de cabeça de David Silva.

Depois disso, o jogo ficou lá e cá, e aos 35' , Cornet mais uma vez botou o Lyon na frente do placar. Porém, dois minutos depois, o argentino Agüero empatou para o City, dando a classificação antecipada para a equipe inglesa.

Provavelmente, nem o torcedor mais otimista do Shakhtar, acreditaria que a equipe chegaria na última rodada da Liga dos campeões, com chances de classificação. Depois de ver a equipe empatar os dois primeiros jogos, e depois ser massacrado nos dois jogos contra o Manchester City por 3-0 e 6-0, parecia que pensar em classificação, é algo inacreditável. Mas no futebol, tudo é possível.

Mas se engana quem pensa que foi fácil vencer o time alemão. O time de Paulo Fonseca abriu o placar logo 13' da primeira etapa, com o brasileiro Ismaily. Dois minutos depois, o capitão do Shakhtar, Taison aumentou a vantagem dos ucranianos.

Mas não demorou muito para o Hoffeinham diminuir o placar. Aos 17' Andrej Kramarić marcou o primeiro, e antes do final da primeira etapa, a equipe alemã empatou com Steve Zuber.

Logo no início do segundo tempo, o Hoffenheim ficou com um homem a menos em campo, após Ádam Szalai ser expulso por duplo amarelo.

Diante disso, parecia que iria ser mais fácil para o Shakhtar. Porém, não foi, e o gol da vitória só veio nos acréscimos com o capitão Taison.

Com a vitória diante do Hoffenheim, o Shakhtar chegou aos cinco pontos, dois a menos que o Lyon, que será seu adversário na última rodada. Ou seja, esta vitória botou o time ucraniano na briga de vez pela última vaga do grupo F .


 

Por: Rosileide Ribeiro