Manter o ritmo e vencer fora de casa! Seria meu sonho?!

Foto: Emanuel Rocha

 

Depois de uma grande vitória em casa sobre o Botafogo-PB, o Confiança tem o primeiro de dois compromissos fora de casa, e a missão é continuar embalado e firmar essa boa fase que se iniciou. O jogo deste domingo será contra o Santa Cruz-PE, e o que se espera é que nosso Dragão faça um bom jogo e de preferência traga a vitória na bagagem.

 

O tricolor pernambucano está na terceira posição com nove pontos, enquanto o time proletário está na sexta com oito. As campanhas não são tão distintas, os dois têm duas vitórias, a diferença está nos empates já que o Santa tem três empates acumulados, enquanto nós temos dois.

 

A expectativa para essa partida é de que o time jogue com cautela, segure bem a defesa e articule boas jogadas de contra ataque. Mas que não seja um jogo retrancado, porque sabemos que o nosso adversário é muito forte em casa e não perdeu nenhum jogo na série C em seus domínios. Ou seja, um grande desafio para a equipe azulina!

 

O time azulino viajou na sexta feira para Recife, de ônibus. Para esse jogo teremos um desfalque de Bruninho, que machucou a coxa no jogo de domingo. Além dele, Ari Moura sentiu dores no joelho e também não deve jogar.

Nosso técnico, Daniel Paulista deve contar com Felipe Lima que está liberado para jogar e deve compor o time titular nesta partida. Além da expectativa de Renan Gorne no lugar de Tito, tendo em vista que ele tem entrado melhor em jogo e inclusive após essa substituição na partida de domingo passado, o dragão melhorou substancialmente e conquistou a vitória.

 

Estamos confiantes e esperançosos que amanhã nosso Gigante proletário faça uma boa apresentação e dê continuidade com a boa fase. Que a garra, o fôlego e a vontade de jogar que vimos no Batistão domingo passado se mantenha para essa nossa batalha. O jogo será lá no Arruda, em Recife às 18h. Pra cima deles, Dragão!

 

Possível escalação:

 

1- Jean

 

2- Thiago Ennes

 

3- Vinicius Simon

 

4- Anderson

 

5- Amaral

 

6- Radar

 

7- Felipe Lima

 

8- Everton

 

9- Rafael Vila

 

10- Renan Gorne

 

11- Marcelinho


 

Técnico: Daniel Paulista

 

 

Por Karla Ferreira