Me acorde quando o Palmeiras não for mais líder

O Palmeiras não conseguiu sair do zero a zero com Cruzeiro em Araraquara, mesmo com deslize, segue líder isolado do Campeonato Brasileiro.

 

Cuca valorizou a série invicta do Palmeiras

FONTE: ESPN

Não foi o resultado que esperávamos e que queríamos. Foi um empate amargo, mas tão amargo que parece que o time perdeu de goleada. Soma-se a isso as polêmicas do jogo do VICE-líder... Difícil ser Palmeiras quando todos e tudo parece estar contra nós. Mas talvez seja essa uma das melhores coisas em ser palestra, cada conquista é fruto de muito suor. Não vou aqui deixar de acreditar no título do brasileiro porque o alviverde empatou, porque assim eu não seria digna de torcer pela Sociedade Esportiva Palmeiras.

Se o Palmeiras dominou a primeira etapa, com excelentes e tantas chances de gol, o segundo tempo foi totalmente diverso. Time foi dominado pelo Cruzeiro que voltou infinitamente melhor em campo.

Porém... poderia ter sido muito pior que um empate, poderia ter sido a “lei do ex” a premiar Robinho com um gol, mas, tivemos o nosso ancião Zé Roberto que estava lá atento e nas palavras dele, com leitura de jogo, tirou a bola de Robinho com a barriga, com raça, com a ajuda dos nosso deuses do futebol.

O próprio comandante alviverde analisou a partida e sustentou que devemos lamentar o primeiro tempo – com claras oportunidades de gol e domínio alviverde – e comemorar não ter sofrido um resultado pior, dada a atuação da equipe na etapa final. Não tem nem como discordar dele.

Falando em Cuca, o que deu na cabeça dele com as substituições? Não foram boas, com uma equipe que precisa chegar ao gol ele tira Dudu e Roger Guedes que estavam bem na partida para colocar Rafael Marques e Cleiton Xavier, depois sacou Moisés e colocou Alecsandro. Essa noite não teve a estrela do treinador que sempre tira do banco aquele que nos vai premiar com a rede balançando.

Podemos lamentar a vantagem que tínhamos de três prontos para o segundo colocado, podemos ficar aqui horas criticando Gabriel Jesus (que de fato não tem tido brilhantes atuações com a camisa verde e branca, mas não dá pra criticar a força de vontade do garoto), falar que Moisés não é tudo isso, que o time vem de três péssimas atuações, que Cuca é um péssimo treinador, enfim, podemos ficar horas aqui falando tudo de mal e criticando (e às vezes com razão), mas como dizem, tudo é uma questão de perspectiva.

E a minha perspectiva é: estamos a 13 rodadas invictos, estamos a 21 rodadas na liderança do campeonato, estamos sendo Palmeiras e isso basta! Já ficamos empatados em número de pontos com o segundo colocado, estando a frente só pelo saldo de gols, hoje estamos a um ponto de vantagem, por que então deixaríamos de acreditar?

Deixe que dizem e que falem o que quiserem, já teve jornal aí na empolgação de ver o Palmeiras perder, dizendo que com o empate o Flamengo poderia assumir a liderança...

Somos líderes, líderes isolados, líderes! Então me acordem quando o Palmeiras não for mais líder deste Campeonato, o que só vai acontecer em dezembro quando o Campeonato já tiver acabado e não seremos apenas líderes, mas campeões.

 

Segue o líder!

Sempre Avante!

Por Marcela Permuy