MELHOR UM PONTO NA MÃO QUE TRÊS VOANDO

Depois de triunfar na estreia com o time de transição, titulares vacilam e ficam só no empate contra o Belo

 

Mais uma vez o Bahia decepcionou e patinou na temporada, desta vez pela Copa do Nordeste. O duelo foi contra o Botafogo-PB, em Pituaçu, e terminou em 1 a 1. 

 

Foto: Felipe Oliveira/ EC Bahia

 

As duas equipes começaram criando bastante e propondo o jogo. A primeira oportunidade foi do adversário, que obrigou Douglas a fazer boa defesa em cabeçada de Welton. Pouco depois, no entanto, o arqueiro Tricolor não conseguiu evitar o gol do Belo, que abriu o placar com Willian Machado.

Na etapa complementar o jogo seguiu equilibrado. O Bahia começou a se impor mais, mas o Botafogo seguiu levando perigo nos contra-ataques. O sofrimento do torcedor perdurou até os acréscimos, quando Patrick, aproveitando cruzamento e lambança da zaga adversária, estufou as redes e empatou o duelo. Ufaaaaa!

Já aos 48' do segundo tempo, o Botafogo quase voltou a abrir vantagem. Bruno Menezes chutou de bate-pronto, mas no reflexo, Douglas salvou o Bahia.

No fim, dos males o menor, afinal, melhor um ponto na mão que três voando! Com o resultado, o Bahia chegou aos 4 pontos e divide a liderança do grupo A com Ceará e Treze. 

O Bahia volta a campo na terça-feira (9) para enfrentar o Campinense pela primeira fase da Copa do Brasil. Pela Lampions League, só voltará a jogar no sábado (13), pelo clássico BAvi. Vale lembrar que a equipe de transição, atuará pelo Campeonato Baiano diante do Conquista, fora de casa.  

 

Por Mariana Alves

 

*Esclarecemos que os textos trazidos nesta coluna não refletem, necessariamente, a opinião do Portal Mulheres em Campo.