MENINAS DA GÁVEA ENFRENTAM O CORINTHIANS NESTA SEGUNDA VISANDO A VITÓRIA

No meio da tabela com sete pontos, as mulheres da Gávea encaram o embalado Corinthians, que soma 12 pontos na competição, a fim de chegar próximo ao topo. 

O duelo será nesta segunda-feira (31), às 19h, no estádio Giulite Coutinha, pela 6° rodada do Brasileiro A1. Ambas equipes já foram campeãs da competição.

Vale ressaltar que as jogadoras do Rubro-Negro estão sob novo comando técnico depois da saída do Ricardo Abrantes. Quem assumiu a vaga deixada foi o auxiliar Celso Silva, estreou com um empate na última rodada contra o Internacional fora de casa. 

 

Fonte: Reprodução da internet 

 

 

Fora de casa, o Flamengo/Marinha empatou em 1×1 com o Internacional em partida válida pela quinta rodada do Brasileirão Feminino, em Porto Alegre. A centroavante Flávia marcou o gol do Mais Querido logo no primeiro minuto do segundo tempo e depois infelizmente tomamos o empate. 

No brasileiro A1 2020, em cinco partidas disputadas, o Flamengo/Marinha venceu dois jogos contra a Ponte Preta e Minas Icesp, empatou com o Internacional e perdeu dois jogos para Santos e São Paulo, marcando um total de oito g9ls e sofrendo dez. 

Contra o Corinthians, o último confronto entre as equipes ocorreu na volta da semifinal do brasileiro de 2019. As alvinegras venceram em casa por 2x0 (na ida por 2x1) e na final, perderam o título para a Ferroviária nos pênaltis.

 

Na manhã deste domingo (30), o Flamengo fez seu último treino com a cabeça no duelo contra o Corinthians, com todas as jogadoras à disposição do técnico. 

 

 

Provável escalação: 

Kaká, Raquel, Karen, Cida, Debora Sorriso, Lorraynne (Bruna Rosa), Jayanne (Samhia), Ana Carla, Carlinha (Edna), Rafa Barros (Aryane) e Flávia.

 

O trio de arbitragem feminino no duelo será composto pela árbitra da partida será Beatriz Oliveira Dantas, auxiliada por Thayse Marques Fonseca e Jéssica Marviely Laurentino. 

A partida será transmitida ao vivo no Twitter Oficial do Brasileiro Feminino.

 

 

Jogaremos Juntas!

 

Por: Rhayanne Athyrsa.

*Esclarecemos que os textos trazidos nesta coluna não refletem, necessariamente, a opinião do Blog Mulheres em Campo.