MESMO COM EMPATE DIANTE DO IRÃ, PORTUGAL AVANÇA NO MUNDIAL

 

Com dois empates nos jogos de hoje (25) pelo grupo B, Portugal e Espanha avançam às oitavas.


 

Quaresma e Cristiano Ronaldo comemoram a classificação (Fonte: FIFA.com)


 

A noite parecia não ser boa para Cristiano Ronaldo. O craque perdeu um pênalti e quase foi expulso. Mas, ao trancos e barrancos, a Seleção das Quinas conseguiu se classificar para as oitavas de final. Isso porque o empate já lhe garantia a vaga. E foi o que aconteceu.

 

O Irã também tinha chance de se classificar e foi para cima os 90 minutos. O VAR mais uma vez entrou em cena e mudou os rumos da partida. Mas, apesar disso, o duelo terminou em 1x1.

 

Como o outro jogo do grupo B, Espanha x Marrocos também terminou com empate em 2x2, a posição das duas classificadas foi decidida pelo critério de gols marcados: 6 espanhóis contra 5 portugueses.


 

O JOGO

 

O primeiro gol saiu no final do primeiro tempo, aos 44 minutos, dos pés de Quaresma, em uma linda trivela, quando Portugal vinha melhor e tinha mais volume de jogo: 72% x 28%, finalizações: 6 x 2,  escanteios: 5 x 0.

 

Na volta para a segunda etapa, o jogo esquentou. Logo aos 4 minutos, Cristiano Ronaldo caiu na área. De primeira, o juiz não marcou nada, mas na sequência o VAR foi acionado e ele voltou atrás. O próprio CR7 foi para a cobrança e… PERDEU! Beiranvand foi lá no canto esquerdo para defender.

 

Aos 35 minutos, novamente o VAR entrou em cena, desta vez para decidir qual o cartão o CR7 iria receber pela falta em Pouraliganji. Nessa hora, todos os portugueses estavam com o coração na mão. A partida estava bem pegada para ambos os lados, perder o craque naquela altura poderia colocar a classificação em cheque. O juiz analisou o lance e deu apenas o amarelo.

 

Fernando Santos não queria perder a vantagem por nada, pelo contrário, dava sinais de que queria mantê-lo. Tanto que, aos 38 minutos, sacou o meia João Mario e colocou o João Moutinho para se juntar aos outros dois volantes: William Carvalho e Adrien Silva, mudando o esquema para o 4-3-3.

 

A sua estratégia foi por água abaixo quando, aos 46 minutos, o juiz marcou uma penalidade para o Irã, Ansarifard cobrou e marcou o gol.


 

PORTUGAL

Rui Patrício, Cédric, Pepe, José Fonte, Raphaël Guerreiro, William Carvalho, Adrien Silva, Quaresma (Bernardo Silva), João Mário (João Moutinho), André Silva, Cristiano Ronaldo. Técnico: Fernando Santos.

 

IRÃ

Beiranvand, Rezaeian, Pouraliganji, Hosseini, Hajsafi (Mohammadi), Ezatolahi (Ansarifard), Ebrahimi, Amiri, Jahanbakhsh (Ghoddos), Azmoun. Taremi. Técnico: Carlos Queiroz.


 

Assim, Portugal enfrenta agora o Uruguai no sábado, dia 30, às 15h, em Sochi. Já a Espanha enfrenta a Rússia em Moscou, no Estádio Lujniki, no domingo (1), às 11h (horário de Brasília).

 

#ConquistaOSonho

 

Por Isabelle Brasileiro