MESMO COM EXPECTATIVAS FRUSTRADAS, CONTINUAMOS LÍDERES

 

Foto: Mourão Panda/América

 

O clima da tarde deste domingo, 08 de março, dia internacional da Mulher, era de festa na Arena Independência! Ações promocionais, expectativa de vitória do Coelhão, meninas que entraram em campo com os jogadores representando as torcedoras que freqüentam os estádios… A resenha aconteceu antes, durante e após o jogo, entre mulheres e homens, porque merecemos e queremos o direito de ir e vir, dentro dos estádios (e fora também), e manifestar nossa paixão em um meio tão machista como o do futebol.

Mas os visitantes também queriam festejar e “colocar água no chopp” dos donos da casa. Pois bem, um empate amargo em 1 a 1 com a equipe do Boa Esporte, quebrou a sequência de vitórias do time americano, mas não o tirou a invencibilidade e nem a liderança do Campeonato Mineiro 2020! 

Após a 8ª rodada, o Coelhão soma 18 pontos na tabela e continua à frente, com um ponto a mais que o Tombense (vice-líder). O gol do América saiu dos pés de Felipe Augusto, já no segundo tempo, e olha que os jogadores americanos perderam muitos gols. Já o gol do Boa Esporte foi marcado por Jefferson, o que inflamou a torcida americana. A torcida que foi empolgada pelo jogo de classificação na Copa do Brasil e pela posição de melhor time de Minas, que o América ocupa no momento. A equipe do sul de Minas, que está em nono na tabela, pressionou e queria a vitória, mas os donos da casa, mesmo com um jogador a menos, não se intimidaram.

Vimos um time com mais vontade de ganhar, mais “arrumadinho”, mas que continua perdendo oportunidades claras de gol e de definir uma partida. Talvez por ainda não ter desenvolvido em si um pensamento de time grande, que pode alcançar algo maior no futebol, mas sabemos que isso leva tempo e implantação de novas filosofias. 

No domingo a vitória não veio, mas o Coelhão ainda lidera a competição estadual e no meio da semana terá um confronto decisivo, contra a Ferroviária – SP, pela 3ª fase da Copa do Brasil. Continuaremos na torcida, mulheres e homens, apoiando o América, para que ele continue líder, invicto e  avance o máximo na competição nacional!
 

Por Mellina Mesquita, colunista do América FC

 

*Esclarecemos que os textos trazidos nesta coluna, não refletem, necessariamente, a opinião do Blog Mulheres em Campo.