Meu herói não usa capa, usa luvas

 

 

unnamed.jpg

Reprodução: Santos FC

 

 

 

Santos e Palmeiras se enfrentaram na Vila Belmiro pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro, na última quarta-feira (14). Foi a estreia do técnico Levir Culpi, que assumiu o time na segunda-feira (12), fez um único treino na terça-feira, e na sequência veio um clássico pela frente.

 

O Santos entrou com todo gás, afinal vinha de duas vitórias seguidas e a pressão de ganhar um clássico - em 2017 ainda não tinha conseguido esse feito. Logo no início da partida,  Bruno Henrique arrancou, na pequena área se atrapalhou com a bola e o goleiro Prass tirou. Depois disso, o jogo não se desenrolou do meio de campo, as duas equipes não conseguiam criar, ao contrário, se tornou um jogo faltoso e sonolento, só melhorou aos 45 minutos finais do primeiro tempo, quando o atacante Wilian subiu sozinho de cabeça e o goleiro Vanderlei fez a primeira defesa difícil de uma série ao longo da partida.

 

No segundo tempo, o Palmeiras começou vindo pra cima, Guerra chutou e outra vez Vanderlei pegou. Aos 5 minutos saiu o gol de Kayke que garantiu a vitória do Santos - Jean Mota se deslocou pela esquerda e cruzou para o centroavante marcar o terceiro gol em dois jogos. Antes de chegar à bola, Kayke se enroscou com Edu Dracena, que caiu e pediu falta.

 

 

 

unnamed (1).jpg

Reprodução: Santos FC

 

 

 

O Santos teve outras duas chances de ampliar, ambas de bola parada e defendidas por Prass, depois o Palmeiras iniciou uma pressão em busca do empate, aí meus amigos foi a vez do herói brilhar: VAN DER LEI o nome dele, que fechou o gol e garantiu a vitória do time da casa.

 

 

 

unnamed (2).jpg

Reprodução: Santos FC

 

 

 

Se de um lado temos um ataque "ineficiente", do outro temos uma defesa sólida, o goleiro Vanderlei tem salvado o Santos nas últimas partidas, contra o Coritiba, Botafogo e Palmeiras, nove pontos garantidos graças a ele: VAN DER LEI!

 

 

Por Carla Letícia