Momento de reestruturação

 

O Trem Bala da Colina está de volta ao lugar que nunca deveria ter saído: a série A. Mudanças aconteceram e o torcedor cruz-maltino espera da melhor forma possível o desfecho dessa novela.

 

Extraída da Internet

A princípio de conversa, uma mudança que deu o que falar em São Januário, foi a volta do técnico Cristóvão Borges. Após a saída de Jorginho, o presidente Eurico Miranda julgou Cristóvão como o “cara que ia dar conta do recado”. Após o acesso e o término do brasileirão, os times chegam em uma fase decisiva e bastante agitada, que é a contratação de novos jogadores.

O mercado da bola muito movimentado, times negociando, propostas sendo analisadas, multas sendo cobradas e chegou a hora que o torcedor do Vasco estava esperando, a hora de ver um time mais jovem em campo. Nessa hora, é muito importante analisar os jogadores, seus rendimentos, condições e preços, afinal, ninguém quer ver o time afundado em dívidas novamente sem poder investir.

Especulações aqui e ali, nomes como o de Alecsandro, Luís Fabiano, Alex Teixeira, Diego Souza, Taarabt, Bruno Silva, Riascos, deixaram os vascaínos atônitos. Como se a polêmica das contratações não bastasse, uma possível saída do meia Nenê chega na Colina. Ao alegar que voltou ao futebol brasileiro para poder estar mais perto dos filhos, Nenê foi alvo de várias críticas. Ele já tinha recebido outras propostas bem generosas, mas preferiu ficar, e essa história de “ficar mais próximo dos filhos” que moram em São Paulo revoltou boa parte da torcida.

Ele lançou uma nota oficial e disse entrelinhas que a mídia foi tendenciosa com suas palavras, não ficou alegre com a repercussão e o comportamento negativo de alguns torcedores. Mas ele afirmou que vai permanecer e compor o elenco. Mas... voltando ao assunto das contratações, o presidente Eurico disse que daria um presente à torcida (que se animou muito com isso). Com o passar dos dias UM REFORÇO FOI ANUNCIADO!!! LOADING... Damián Escudero chega no meio de campo. Considerado presente de grego para uns, lembrancinha para outros, Escudero ainda não se apresentou em São Januário por ainda estar resolvendo questões burocráticas do seu contrato.

Mas a pergunta que não quer calar é: quando o presente vai chegar?

Ana Gabriella

Gabi Sakurai