MORRI, MAS TÔ NA FINAL

Barcelona joga bem e de virada se classifica para final da Copa do Rei

 

Foto: Site Oficial Barcelona

 

Como diz meu estagiário: B E L I E V E   I T, acredite!! Meus amigos, que partida fez o Barcelona nesta quarta-feira (3), diante do Sevilla pela semifinal da Copa do Rei.

Jogamos o fino da bola, o time fez uma excelente partida e no sufoco, nos acréscimos do segundo tempo, fizemos o 2x0 e levamos a partida para a prorrogação pela quinta vez, e novamente deu a lógica, classificamos e enfim estamos na final.

A verdade é que até aos 47' da etapa final já me encontrava aos prantos, taquicardia e fazendo o pós da derrota completamente desolada. Acontece que a frase "o jogo só acaba quando termina" nunca fez tanto sentido.

No apagar das luzes, aos 48' veio o gol do Presi Pique, salvando o time, nossa alma e nos levando a loucura.

O time Culé entrou em campo precisando vencer por um gol de diferença ou devolver o 2x0 para levar a partida para a prorrogação. O Barça fez uma boa partida, indo em busca do placar e não dando espaços para o adversário atacar.

Koeman fez uma boa escalação novamente, um “control c” + “control v” do time passado e mais uma vez tivemos resultado.

Aos 12' da primeira etapa, Dembélé marcou um verdadeiro GOLAÇO no ângulo do arqueiro rival sem chances de defesa. Acendendo as esperanças da torcida Blaugrana e colocando o famoso fogo na partida. 

Acontece que depois disso a bola cismou em não entrar mesmo com várias chances criadas. Não faltaram bola na trave, nas mãos do goleiro, na rede pelo lado de fora e até em cima da linha, mas nenhuma resultou em gol.

A primeira etapa foi marcada por um Barcelona totalmente ofensivo, em busca do triunfo e um Sevilla mais recuado que tudo, se bobear tinha até mais que 11 atletas do rival em campo e tudo dentro do próprio gol.

Como diz Skank "bola na área não altera o placar." Infelizmente essa frase é verdadeira, e realmente nada foi alterado na primeira etapa mesmo com trilhões e trilhões de chances criadas.

 

Foto: Site Oficial Barcelona

 

Chegamos na etapa final e com ela o nervosismo triplicou. O Sevilla que jogava bem recuado, saiu um pouco mais para jogo e deu uns leves sustos em Ter Stegen.

E por falar no arqueiro Culé, ele foi um dos grandes nomes nessa partida, tanto pelas defesas difíceis como na salvação de pênalti aos 27' da segunda etapa após uma infantilidade de Mingueza. O verdadeiro melhor goleiro desse mundo, e contra fatos não há argumentos.

As horas iam passando e nada do nosso gol sair, aos 21' Alba meteu uma bomba no travessão que se bobear está balançando até agora. Só o time Culé jogou, mas a bola nos maltratava insistindo em não querer entrar, nem mesmo a blitz feita pelo time aos 40' da etapa final.

A partida chegava ao fim, estávamos já nos acréscimos, no apagar das luzes e com mais uma eliminação batendo na porta. Até que os deuses do futebol sorriram e aos 48' da etapa final veio o gol Culé.

A jogada começou com Messi cobrando falta que a torcida fez o famoso "uuuuuuuuh" dentro de casa. No escanteio cobrado pelo camisa 10, a zaga adversária cortou mal, a bola sobrou para Antoine Griezmann que cruzou na cabeça do eterno Presi Pique, que mandou para as redes de Vaclik. 2x0 no apagar das luzes e lá fomos nós para mais uma prorrogação, dessa vez com um a mais, mas para piorar não podíamos levar um gol já que tinha o critério gol fora de casa.

Aos 4' da prorrogação, Alba cruzou para Braithwaite se esticar todo na bola e fazer 3x0 para o Barça e selar nossa classificação para a final da Copa do Rei 2020/21.

Com o placar favorável, a equipe Culé apenas administrou o jogo até ao final da partida para comemorar a vaga para a final. Por falar em comemoração, que paz no coração ver todo o elenco reunido em um espírito bem Culé, bem Barcelonista de ser.

A reação de Piqué, Alba, Riqui Puig e Messi no segundo gol Culé representou bastante a torcida, esperamos que isso se repita na final também, necessitamos de um título para não passar outra temporada em branco.

“Esta classificação é muito especial. Fomos pacientes. Não foi fácil, mas nos mantivemos intensos, com uma boa pressão e fizemos um trabalho satisfatório. Estamos muito felizes pelo que aconteceu hoje.”- Ter Stegen em entrevista pós jogo 

Partida eletrizante, que vai fazer a torcida Culé custar a pegar no sono nesta noite. É essa garra, determinação e luta que todo torcedor espera nas partidas, estamos longe de termos um belíssimo elenco como antes, mas temos o suficiente para fazer uma boa La Liga, uma Copa do Rei e não sofrer tanto assim na Champions. Falta o time deixar a instabilidade de lado e focar em dar raça dentro de campo.

 

E novamente vivemos a famosa Remontada Culé!!

 

Ter Stegen e + 10

Foto: Site Oficial Barcelona

 

Nos vemos na final:

Cá estamos nós mais uma vez na final da Copa do Rei e em busca do 31° título. Nosso adversário sairá do confronto entre Athletic Bilbao x Levante, que será realizado nesta quinta-feira (4). O dia e horário da finalíssima ainda não foram definidos.

 

Próximo confronto:

Sem muito tempo para pensar, voltamos a campo neste sábado (6), contra o Osasuna pela La Liga e com apenas um pensamento, a vitória, para seguir na cola do Atleti.

A bola rola às 17H (Horário de Brasília), e infelizmente, longe do Camp Nou.

 

Pero nunca dejaré de ser del Barça. La decepción es temporal, el amor por ti es eterno!!  

 

¡Visca El Barça!

 

Por: Thais Santos

 

 

*Esclarecemos que os textos trazidos nesta coluna não refletem, necessariamente, a opinião do Portal Mulheres em Campo.