MUITAS POSSIBILIDADES DE ESCALAÇÃO CRUZEIRO X TUPYNAMBÁS

 



(Foto: Igor Sales/Cruzeiro)

 

Cruzeiro e Tupynambás jogam neste domingo (10), pela 6° rodada do campeonato Mineiro. A partida acontece no estádio Mineirão, às 17:00.

 

O Cruzeiro teve a chamada “semana cheia”. Nela aconteceram apenas treinamentos e nenhum jogo. Ótimo para o técnico Mano Menezes ajustar detalhes como onde encaixar os reforços, aprimoramento tático e também saber mais a respeito de jogadores em melhores condições físicas.  

 

David que no jogo contra o Patrocinese foi preocupação, agora não é mais, e parece estar preparado para entrar. Assim como Sassá que apareceu, no início da semana, com muletas, mas se tratava apenas de desconforto muscular e já na quinta-feira (7) voltou ao treino com bola.

 

Até o momento, o Cruzeiro é o segundo colocado na tabela, com 11 pontos. O Tupynambás é o quinto colocado com 8 pontos.


 

(Foto: Igor Sales/Cruzeiro)

 

Os treinos táticos acontecem geralmente fechados e a escalação sempre é um mistério. Apesar disso, o que se sabe é que o time da Toca tem totais condições e provavelmente entrará com força máxima.

 

Mano Menezes disse em várias entrevistas coletivas precisar de rotatividade para dar ritmo aos jogadores. Esse é o melhor momento para adaptações e ver quem fica com as vagas tão concorridas. Assim, o melhor a se fazer é esperar minutos antes da partida para a escalação oficial sair.

 

Ingressos para não sócios nas bilheterias do Barro Preto até sábado e no Mineirão até domingo. Preços entre R$10,00 e R$80,00. Crianças até 12 anos tem entrada gratuita.

 

Arbitragem: Gabriel Murta Barbosa Maciel, Leonardo Henrique Pereira, Wellignton Pereira Neto, Euclides Eduardo Alves, Cleibimar Rezende Ferreira.


 

 

(Lounge do aeroporto de Confins: espaço conta um pouco da história do clube, além de ser espaço para descanso de torcedores antes de viagens – Foto: Daniel Antunes)

 

O próximo jogo do Cruzeiro é contra o América, atual líder do campeonato. Jogo esse que acontece também num domingo (17), no estádio Independência.


 

Sam Bella