Na bola com raça é o coro da massa, TÔ MALUCO, GAVIÃO!

Seguindo o canto da torcida, Corinthians vence o rival da Barra Funda, com gol de prata da casa!

 

 

Estou em êxtase com o Derby! Vencemos e seguimos a frente dos rivais na classificação geral da competição, isso porque eles disseram ser o Corinthians, a quarta força de São Paulo!

Antes do jogo os rivais encheram minhas redes sociais, mandando eu não sumir com a “iminente derrota”, disseram que seríamos goleados, massacrados, mas já dizia Jorge Ben: “Falador passa mal rapaz, falador passa mal!”, e agora eles tão mais sumidos que  o título Mundial que alegam ter.

Jogamos contra 14! Além do time palmeirense, a arbitragem resolveu aparecer em campo, tendo a capacidade de confundir, 5 com 30 e expulsar um jogador, que estava a metros de distância da jogada. Um árbitro que passou o primeiro tempo todo preocupado com a touca de proteção do dito “pitbull”- que ficou mais manso que cachorro de madame- do rival, ainda “não viu”, uma cotovelada desleal de Victor Hugo em Pablo!

 

Corinthians satirizou o erro do árbitro. Foto: Reprodução

 

Tivemos um primeiro tempo de superioridade, que não havíamos visto ainda nessa temporada, o time apertava a saída de bola do adversário, marcava em cima e chamava o torcedor pra jogar junto, até a operação do árbitro começar.  

Já na segunda etapa, até começamos melhor, mas com um a menos, a pressão rival, foi inevitável. Foram 30 minutos de sufoco, até que aos 42 minutos, viria do banco de reservas, a solução da partida.

O aplaudido Kazim, deu lugar a Jô, que em seu primeiro toque na bola, garantiu a festa dos mais de 30 mil Corinthianos presentes. Guerra errou, Maycon aproveitou, tentou na primeira, mas só na segunda vez, conseguiu servir Jô, que limpou e estufou as redes da Arena!

 

Jô saiu do banco para garantir a vitória! Foto: Globo Esporte

 

Tomada pelo nervosismo, assim como milhões de Fiéis, explodi! O grito de gol, ecoava pelo meu bairro, e até agora estou sem voz!

 

"Nesses momentos que a gente fica feliz porque cada dia que passa sei que Deus está comigo na minha vida, sempre aprendendo. O professor optou por outra pessoa, mas penso no grupo, não fiquei chateado. Aprendi muito com a vida, muitas vezes pensei só em mim e só eu fui prejudicado. Grupo maravilhoso, com dois toques fiz o gol e dedico a toda a torcida, o time está crescendo. Vamos colher muitos frutos neste ano" disse Jô.

 

Carille trancou o time e restava ao adversário atônito, apelar para jogadas maldosas e que curiosamente o árbitro, Thiago Duarte Pessoa, novamente não viu. Mesmo enfrentando o rival que tinha 14 em campo, ganhou o time do povo com um a menos, ganhou a Fiel torcida!

 

Derby Centenário

 

No centenário do Derby, a raça e a vontade dos jogadores alvinegros, garantiram os 3 pontos e a dita “amizade” entre os clubes, sumiu no apito inicial.

O técnico Fábio Carille, conseguiu neutralizar Dudu, com a marcação cerrada de Fagner e Romero, e a presença dos pratas da casa Maycon e Léo Jabá, garantiram mobilidade ao time, mas no segundo tempo, o treinador, demorou a mexer.

O clássico foi um digno Corinthians x Palmeiras, com todos os ingredientes, que o confronto merece. Os erros do árbitro, só serviram para enaltecer nosso triunfo!

Nosso próximo adversário, será  o Mirassol, no interior paulista, às 19h30.

 

Torcida ditou o ritmo do time em campo. Foto: Meu Timão

 

A Fiel compareceu em peso, batendo o recorde de público e renda do time nesta temporada Esperamos que os torcedores continuem apoiando o time, independente de qualquer coisa, pois somos movidos por algo maior: o amor ao Corinthians!


 

por Mariana Alves, pelo Corinthians, com muito amor, até o fim!