Na despedida de Patón, Chaves marca golaço, mas Tricolor é derrotado no Morumbi.

 

 

 

Adiós Edgardo! Foto: Rubens Chiri - Paton

 

Antes de falar sobre o jogo de ontem (4), vamos fazer um rápido retrospecto sobre a passagem de Patón Bauza pela equipe tricolor.

O técnico que tinha contrato até o último dia de dezembro deste ano, resolveu sair antes da hora e deixar o São Paulo após 6 meses da sua chegada, para treinar a seleção da Argentina, a exemplo de seu antecessor Juan Carlos Osório que se destacou no comandou do tricolor e nos deixou para treinar a seleção do México.

Em números Patón fez 48 partidas, com 18 vitórias, 13 empates e 17 derrotas, e um aproveitamento de  apenas 46,56%, mas o que realmente devemos contar foi o que Edgardo Bauza fez fora de campo. O treinador conseguiu que o grupo São Paulino voltasse a vibrar, a torcer! O grupo se uniu e voltou a jogar com uma raça que há tempos não víamos. Com esse espírito de raça conseguimos chegar a semifinal da Copa Libertadores da América, um grupo que muitas vezes não teve técnica suficiente, mas que sobrava vontade muito graças a Patón!

Claro que o torcedor fica chateado e se sente traído, afinal gostaríamos de  ver continuidade no trabalho que ele começou.

Patón havia pedido reforços e foi atendido. Chaves e Bufarini acabaram de chegar e agora simplesmente terão que trabalhar com um novo nome que nem sabemos se será tão simpático ao futebol argentino assim, mas assim como quando Osório nos deixou temos que ter o mesmo pensamento, agradecer por tudo que ele nos fez e desejar sorte com a seleção que vai comandar!

Enquanto o tricolor não encontra um novo técnico é André Jardine do sub-20 quem dará as ordens no elenco principal.

 

O JOGO

O Tricolor enfrentou o Atlético Mineiro pela 18º rodada do Campeonato Brasileiro nesta quinta-feira (4), no Morumbi. A partida começou as 19h30 (BSB) e com menos 3’ de jogo o argentino Andrés Chaves fez seu primeiro gol com a camisa 9 do Soberano e que gol! Um golaço do “meio da rua”!

 

André Chaves, abriu o placar para o Tricolor. Foto Rubens Chiri

 

Porém não demorou muito para o Atlético-MG empatar e virar a partida.

Aos 10’ Maicosuel recebeu um passe brilhante de Fred, bateu cruzado e marcou o gol de empate. O tricolor não baixou a cabeça e tentou chegar, mas foi Lucas Pratto quem conseguiu encontrar o gol em belo chute no ângulo: 1x2 virada do galo aos 21’. Ainda na primeira etapa do jogo Fred marcou aos 47’, mas o árbitro viu impedimento do atacante.

 

Lucas Pratto, marcou o gol da virada atleticana. Foto: Atletico-MG Oficial.

 

Segunda etapa

 

No segundo tempo o Soberano voltou com a cabeça erguida e buscou de todas as formas o gol, que infelizmente não saiu, graças ao goleiro Victor que foi o grande destaque da partida.

Com esse resultado o tricolor continua no meio da tabela na 11º colocação, com 23 pontos e enfrenta o Santa Cruz em Pernambuco no próximo domingo (7) para dar continuidade ao campeonato brasileiro. Já o Galo encostou na parte de cima da tabela com 32 pontos, à um do G-4 e enfrenta a Chapecoense na segunda-feira(8) no Independência para finalizar a última rodada do primeiro turno.

 

As coisas começam a se complicar quando as vitórias em casa deixam de acontecer, o São Paulo precisa erguer a cabeça esquecer os revés passados e focar na vitória, ainda temos 20 jogos neste campeonato para disputar e nada está perdido.

 

FICHA TÉCNICA

 

São Paulo 1 x 2 Atlético-MG

Local: Estádio do Morumbi, São Paulo (SP)

Data: 04/08/2016

Horário: 19h30 (de Brasília)

Árbitro: Leandro Vuaden (RS)

Gols: Chávez, aos 4 minutos, Maicosuel, aos 12 minutos, e Pratto, aos 21 minutos do 1º tempo

Cartões amarelos: Lugano e Buffarini (São Paulo); Maicosuel e Otero (Atlético-MG)

São Paulo: Denis; Buffarini, Lugano, Maicon e Mena; Hudson; Kelvin, Thiago Mendes (Pedro), Wesley (Luiz Araújo) e Michel Bastos (Daniel); Chávez. Técnico: Edgardo Bauza

Atlético-MG: Victor; Carlos César, Leonardo Silva, Erazo e Fábio Santos; Júnior Urso e Rafael Carioca; Maicosuel (Lucas Cândido), Robinho (Otero) e Lucas Pratto; Fred (Luan). Técnico: Marcelo Oliveira


por Jéssica Nogueira Gonçalves.