Na minha casa mando eu!

FONTE: Futebol Marketing

Palmeiras encerra a 14ª rodada do Campeonato Brasileiro recebendo o Santos nesta terça, às 20h30. A equipe 100% como mandante tem a missão de mostrar que manda na sua casa, por mais difícil que seja a peleja.

Rivalidade a flor da pele das duas equipes; rivalidade que aumentou muito no ano passado. Em 2015 as equipes se encontraram nas finais do Campeonato Paulista e da Copa do Brasil. Esse ano já se encontraram na semifinal do Paulista, onde a tensão também foi alta.

O Palmeiras tem, porém, aquele que vem sendo o seu maior diferencial no Campeonato: a equipe é 100% em casa. Até aqui foram sete jogos, sete vitórias e apenas um gol sofrido. O caldeirão alviverde vem sendo um grande trunfo neste Brasileiro.

Se de um lado os jogadores têm protagonizado verdadeiros espetáculos em campo, a torcida protagoniza outro espetáculo nas arquibancadas. Se contra o Corinthians, esse ano com torcida única, já houve recorde de público no Allianz, o jogo desta terça não ficará atrás. Até o fechamento deste texto já são 37 mil ingressos vendidos e quatro setores esgotados, isso em uma terça-feira a noite. Essa torcida é ou não é apaixonada?

Mas a missão não será fácil para a equipe alviverde, depois do último jogo fora de casa contra o Sport, a equipe contará com muitas baixas para o clássico: Thiago Santos, Roger Guedes e Gabriel Jesus estão suspensos por terem recebido o terceiro cartão amarelo. Moisés e Tchê Tchê, que deixaram o campo em Recife sentindo dores, seguem afastados dos gramados.

Mas o técnico Cuca poderá contar com muitos jogadores que voltam de lesão: Gabriel (o Pitbull), Allione, Arouca, Edu Dracena e Dudu já estão liberados para jogar.

Os relacionados

Cuca fez mistério, teve treino parcialmente fechado para imprensa e os relacionados para este jogo saíram há poucas horas. São eles:

Goleiros: Fernando Prass e Vagner
Laterais: Egídio, Zé Roberto e João Pedro
Zagueiros: Edu Dracena, Thiago Martins, Yerry Mina e Vitor Hugo
Volantes: Jean, Matheus Sales, Arouca, Rodrigo e Gabriel
Meias: Fabrício, Allione, Moisés, Tchê Tchê, Cleiton Xavier e Vitinho
Atacantes: Rafael Marques, Dudu, Erik, Leandro Pereira, Luan e Lucas Barrios

O Algoz do Santos está de volta!            

https://images.jovempan.uol.com.br/aKk7UcVaJn5UBHd3dVka3stJNy0=/fit-in/619x437/media.jovempan.uol.com.br/archives/2015/04/26/4079163961-de-volta-ao-time-apos-cumprir-suspensao-no-semifinal-leandro-pereira-marcou-o-gol-da-vitoria-alviver.jpeg

FONTE: Joven Pan

Leandro Pereira voltou, já teve seu nome publicado no BID, foi apresentado à equipe semana passada e já encanta o Cuca. Sim, o algoz do peixe voltou e com grandes chances de entrar no time titular de amanhã.

No ano passado, antes das equipes se enfrentarem na final da Copa do Brasil, os times já haviam se encontrado por duas vezes no Allianz, com vitória de um a zero para o lado alviverde nas duas oportunidades, e, nas duas vezes, com gols de Leandro Pereira.

Sem os atacantes titulares, Gabriel Jesus e Roger Guedes, a disputa no ataque é alta no Palmeiras, mas Cuca demonstrou grande felicidade com o Leandro.

Torcida única sempre lamentável

Essa colunista que vos escreve já escreveu em outras oportunidades a sua indignação com os clássicos de torcida única que vem acontecendo desde o começo do ano. Isso não resolve em nada o problema de violência no futebol. Infelizmente, quem perde é o espetáculo. Tenho certeza que haverá espetáculo dentro das quatro linhas amanhã, mas não haverá o lindo espetáculo de duas torcidas rivais coexistindo em paz.

Avanti!

 

Marcela Permuy