NA MINHA CASA, MANDO EU!

(Foto: Andrei Torres/ABC FC)

 

O Estádio Maria Lamas Farache é um dos nossos principais amuletos de sorte quando o assunto é Série C. Jogamos a terceira divisão nos anos de 2007, 2010 e 2016 e nunca perdemos. E infelizmente visitamos mais uma vez a temida C nessa temporada e a notícia boa é que até o momento temos 100% de aproveitamento na La Bombonera Potiguar (como é chamada carinhosamente pelos admiradores).

 

E hoje (6), não foi diferente! Fizemos bem o dever de casa e batemos o Botafogo/PB pelo marcador de 2 x 0.

 

LEANDRÃO, SEMPRE ELE!

 

(Foto: Andrei Torres/ABC FC)

 

Leandrão, esse mesmo que você está vendo na foto é um torcedor fanático do ABC. Se estivesse na arquibancada seria daqueles que chegam cedo para organizar a festa, sabe?! Ele que foi campeão brasileiro aqui em 2010 e campeão potiguar em 2011, acertou sua vinda esse ano e segue confiante para conquistar tudo que for possível vestindo nossa camisa. É o cara que jamais poderia ter saído daqui! #LeandrãoÉABC

 

O JOGO

 

A etapa principiante foi assinalada por várias faltas (muitas não marcadas). O ABC pressionou bastante o adversário desde o apito inicial, e tava na cara que logo mais iríamos abrir o placar. Não demorou muito, quando aos 24’ o meia Marcos Júnior livrou-se do marcador, deu de presente a pelota à Higor Leite que por sua vez distribuiu para Leandrão empurrar para o fundo da rede! Gol do artilheiro! Gol do matador!

 

Se não fosse o goleiro Saulo com uma excelente defesa no chute de Igor, teríamos ido para o intervalo sem sintomas de ansiedade. Nossa preocupação era se Nando (ex ABC) iria usufruir de uma das únicas coisas que funcionam nesse país: lei do ex.

 

(Foto: Andrei Torres/ABC FC)

 

Já no segundo tempo, o time paraibano voltou buscando o empate. Mas as grandes chances do Belo se deram por bolas paradas, onde perigosamente Marcos Aurélio (é o 10 deles, né) chegou a assustar Rodrigo e na outra oportunidade foi barrado pela trave. No mais, a defesa do ABC não permitiu nenhuma comemoração adversa. Destaque para o zagueiro Tonhão que fez uma das suas melhores apresentações no ano.

 

E ao apagar das luzes, aos 48’ Walber pensou que era vôlei e meteu o braço na bola dentro da área após cruzamento de Fessin. O mesmo converteu o pênalti e garantiu 3 pontos para o Mais Querido respirar na terceirona.

 

O treinador Ranielle Ribeiro fez sua análise e na coletiva afirmou - "Foi um jogo de dificuldades, tivemos um bom controle no primeiro tempo, no segundo o Botafogo nos acuou um pouco mas soubemos administrar. Um jogo com a cara da Série C, nós voltamos a ser uma equipe equilibrada. Acho que faltou já no final um pouco de confiança, de ter um pouco mais de controle com a posse de bola."


 

FICHA TÉCNICA

 

ABC 2 x 0 Botafogo/PB.

Estádio Maria Lamas Farache (Frasqueirão)

Público Total: 4.419 torcedores

Renda: R$ 65.260,00

 

CARTÕES

 

Vermelho: -

 

Amarelo: Arez (ABC); Danrlei (ABC); Lula (Botafogo/PB); Walber (Botafogo/PB).

 

 

ABC: Rodrigo Carvalho, Arez (Vitinho), Tonhão, Danrlei, Igor; Anderson Pedra, Felipe Guedes, Marcos Júnior; Higor Leite (Fessin), Luan (Erivélton) e Leandrão. Técnico: Ranielle Ribeiro.

 

Botafogo/PB: Saulo, Gedeilson, Walber, Lula e Carlos Renato; Rafale Jataí (Allan Dias), Rogério, Marcos Aurélio e Mazinho (Alex Gonçalves); Dico e Nando (Mário Sérgio). Técnico: Leston Júnior.

 

Com esse resultado chegamos no G4 (pra ficar) com sete pontos, ocupando a 4ª colocação. Já no próximo sábado (12) enfrentaremos o Confiança/SE pela mesma competição na casa deles, o estádio Batistão. Estarei colocando os detalhes da partida aqui no decorrer da semana.


 

VAI PRA CIMA DELES, ABC!

 

Por Beatriz Alves