NA RAÇA, CORITIBA EMPATA COM O PALMEIRAS NOS ACRÉSCIMOS!

O Coritiba entrou em campo na noite desta quarta feira (15) diante do Palmeiras, buscando se restabelecer no campeonato e se distanciar da zona de rebaixamento.

Teoricamente, o Palmeiras foi melhor em campo, mas o Coritiba buscou o empate nos acréscimos, que foram dados graças a torcida do Palmeiras, que não tomou conhecimento das regras e acenderam sinalizadores no fim da partida, que foi paralisada, e na volta, foram dados 6 minutos de acréscimos.

O famoso 6 minutos, que vem sendo “moda” nos últimos jogos do Coritiba,  dessa vez foi a nosso favor. Ai vem a questão da reclamação por parte dos Palmeirenses e principalmente da mídia, que disse que o Palmeiras foi “prejudicado” pela arbitragem, sendo assim, o Coxa vem sendo prejudicado há 4 jogos e ninguém fala nada. Contra nós está tudo “tranquilo e favorável” a nosso favor vira essa choradeira, o time do Palmeiras tinha o placar na mão, o time do Palmeiras foi melhor em campo, mas, não foi por 6 minutos que o time tomou o empate, foi porque não soube se segurar,  é a história do quem não faz, toma, e o Palmeiras tomou um golaço de Leandro (ex Palmeirense) aos 49 minutos do segundo tempo. 

O culpado nessa história não é o árbitro, e sim, a própria torcida Palmeirense, no mais, O CHORO É LIVRE!

“Jogadores do Coritiba comemorando o gol de empate contra o Palmeiras” Foto: Coritiba Oficial.

SOBRE O JOGO

O primeiro tempo foi bastante truncado, as equipes quase não criavam, e o primeiro gol saiu as 6 minutos com Roger Guedes, em uma infelicidade do Coxa. O time buscou o empate, e foi pra cima, aos 19 minutos Ruy em cobrança de falta mandou na cabeça de João Paulo que mandou direto pra rede, 1x1. No fim do primeiro tempo, o Coxa até tentou pressionar, mas sem eficacia.

No segundo tempo, Cuca mudou o time, e fez com que o Palmeiras fosse para o ataque, Wilson trabalhou bem, mas aos 23 minutos, Cristaldo virou a partida. O Coxa até buscou reagir, mas não conseguia chegar ao gol, e aos 42 minutos,a torcida do time Paulista, acendeu sinalizadores, o que fez a partida parar, foi nesse momento que Pachequinho, já irritado com a derrota, conversou com o time. Partida retomada e subiu a placar com 6 minutos de acréscimos, e foi ai que a lei do ex entrou em vigor, Leandro mandou uma bomba no canto esquerdo de Prass, QUE GOLAÇO! Empatando assim, a partida aos 49 minutos, 2x2.

“Pelo que foi o jogo, intenso, em que existiram momentos bons na nossa equipe e do adversário, ficou o sentimento de que não poderia sair com a derrota. Pelo que a equipe fez dentro de campo. Os jogadores lutaram até o final e, pelo que fizemos no jogo de hoje, fomos premiado com esse gol nos minutos finais. Claro que a gente queria a vitória, trabalhamos para isso, mas com organização para não ter problemas atrás. Infelizmente, a gente tomou alguns gols, mas o sentimento é de que não poderíamos sair com a derrota” avaliou o técnico Pachequinho.

Agora o Coxa viaja até Belo Horizonte, para enfrentar o América Mg, que não tem tido uma boa fase nesse campeonato. Concertar os erros, e ir em busca de mais 3 pontos, para subir na tabela.

VAMOS MEU VERDÃO!

Patrícia Moro