NÃO DEU TIKI TAKA EM SALVADOR

 

 

Neste domingo o Furacão enfrentou o Bahia, na Arena Fonte Nova, em jogo válido pela terceira rodada do Brasileirão. O time sofreu algumas alterações, como a folga do general Thiago Heleno, e o deslocamento de Rosseto na direita, no lugar de Jhonatan.

Tentando empreender o estilo de jogo que vem sendo treinado e utilizado nas últimas partidas, o Furacão, desta vez, não conseguiu ser efetivo, arrancando apenas um ponto, em um jogo que foi marcado especialmente pelas belas defesas de Santos e a bola na trave de Carleto após cobrança de falta.

O Bahia pressionou muito bem as saídas de bola do Furacão, impedindo que o time passasse do meio campo para a frente. A bola não chegou com o TIKI TAKA. Por outro lado, o Bahia aproveitou os erros de Lucho e de Zé Ivaldo, assustando a meta atleticana diversas vezes. Não fossem as defesas milagrosas de Santos, o sistema teria sido posto à prova. Entretanto, nenhuma das duas equipes conseguiu marcar o gol, acabando tudo igual em Salvador.

 

Foto: Felipe Oliveira

 

Os cartões saíram para Paulo André (Atlético-PR), a 1min do 2ºT; Zé Ivaldo (Atlético-PR), aos 17 min do 2º T; Zé Rafael (Bahia), aos 24 min do 2ºT; Élber (Bahia), aos 41 min do 2ºT. Fonte: Portal UOL.

O Atlético tem um semana de folga, e enfrentará o Palmeiras no próximo domingo (06), na Arena da Baixada, em Curitiba, após um hiato de quase três semanas sem jogar em casa.

 

NOVIDADE

Nesta segunda (30) o Atlético anunciou, através de seu site oficial, a contratação do atacante Bill, que foi destaque no paulista A3 pelo Capivariano.

 

Por Daiane da Luz