Não é sonho, é um objetivo


Quando o Flamengo, que estava no meio da tabela, começou a ganhar um jogo atrás do outro no Brasileiro, o que mais se ouvia era a frase “estão deixando o Flamengo sonhar”. O sonho em questão era a vaga para o G-4, o seleto grupo dos times que se classificam para a Taça Libertadores da América. Pois bem, o Rubro-Negro pôde sentir o gostinho do G-4 na 24º rodada quando venceu o Cruzeiro, mas a felicidade do G4 durou apenas duas rodadas e desde a 26º rodada o Flamengo tenta voltar para o grupo dos quatro primeiros.

O Flamengo bem que poderia ter voltado para a quarta colocação, mas o vacilo contra o Figueirense na quarta-feira custou caro e o pior, o time perdeu e os concorrentes à quarta vaga também perdeu. Com isso o Fla continua em sétimo lugar. Faltando oito jogos para o fim do campeonato, o time tem pela frente o Inter e as duas equipes têm o mesmo sonho: ir para a Liberta de 2016. Com o mesmo número de pontos, Flamengo e Internacional se enfrentam no Maracanã no chamado jogo dos seis pontos.

Para o jogo contra o time gaúcho, Paolo Guerrero volta ao time de Oswaldo de Oliveira e a expectativa é que isso dê um ânimo para o plantel, que precisou se reerguer após a desastrosa atuação na 30º rodada. Guerrero volta ao time contra o Internacional, coincidência ou não, o peruano estreou contra os Colorados e marcou um gol e deu uma assistência. Na época, o Flamengo desacreditado, mudou de postura com a chegada do atacante. Vale lembrar que Guerrero também estava voltando de uma competição com a seleção do Peru.

Mas para os flamenguistas sonhadores de plantão, mas do que sonhar, o Flamengo precisa voltar a ter uma bela atuação e vencer. Não basta apenas sonhar, vagas se conquistam com futebol e não com sonhos.

Se bem que para o goleiro Paulo Victor, o G-4 não é um sonho, é um objetivo possível.“Não é sonho. Sonho era quando o Oswaldo chegou e a gente estava a 15 pontos (do G-4). Só depende da gente, temos três, quatro concorrentes diretos pela frente”.
E é com esse espírito de luta que o Flamengo irá em busca da vaga. Futebol para isso a equipe já provou que tem e também mostrou que é possível chegar. Isso só depende do elenco e de uma mudança de atitude para a Libertadores voltar a ser mais do que um sonho, mas algo real na última rodada do Brasileirão.

 

Camila Leonel