NÃO TÁ MORTO QUEM PELEIA

                    Fonte: @crboficial 

 

Saudações Nação Regatiana!

 

Nao digo todos, senão a grande maioria, dava o CRB como morto nesta Copa do Nordeste de 2020. 

Que torcedor Regatiano não se lembra da nossa campanha no ano passado? Era empate atrás de empate, até que na última rodada, na garra, a classificação para as quartas de final veio. Minha gente, perder a esperança é uma frase que não existe no mundo Regatiano. Ela é a última que morre e ENQUANTO HOUVER 1% DE CHANCE, TEREMOS 99% DE FÉ! 

 

"Estamos muito felizes com esse triunfo sobre o Confiança. Foi importante para a equipe ter vencido fora de casa e em uma partida difícil, diante de um adversário que vem fazendo um grande campeonato. Isso mostra a força do grupo, que bateu um dos líderes da competição mesmo com a equipe modificada"

-Edson Mardden 

 

Ninguém esperava uma vitória do Regatas diante do Confiança na Arena Batistão? Eu esperava sim e todos os regatianos também.

Tudo bem que vencer o líder do grupo não seria tarefa fácil, mas da maneira que foi não teve como não comemorar. 

Por causa do compromisso da próxima quarta-feira pela Copa do Brasil, Professor Marcelo Cabo resolveu colocar em campo um time alternativo. Edson Mardden voltou a ser titular e também a molecada do Galo já chegou arrebentando. 

 

Com oito pontos e faltando apenas uma rodada para o fim da fase de grupos, um milagre precisa ocorrer no próximo jogo para que o Galo alagoano avance no Nordestão. Na rodada decisiva, precisamos urgente da vitória e também será necessário secar o nosso adversário, ABC, para que possamos abocanhar o quarto lugar do grupo. Antes disso, no complemento da sétima rodada, o secador precisará estar em mãos e a reza tem que estar em dia, para que o Sport não consiga vencer seu jogo. 

Nossa situação é complicada, mas não vamos deixar de acreditar. 

 

O Confiança jogava em casa, com apoio de sua torcida, então estávamos pressionados. Eles jogam da maneira deles, o que está dando resultado por lá, mas fazer o desmantelo ali foi surreal.

Foi ainda no primeiro tempo que Bruno Cosendey aproveitou bola alçada na área e mandou para o fundo da rede dos donos da casa. Com o CRB vencendo por 1x0, era natural que o time da casa atacasse para tentar o empate, mas quem tem Edson Mardden não teme atacante nenhum. Sempre que fora exigido, mostrou sua competência e manteve a meta em 0. Às vezes também os caras de azul arriscaram seus chutes, mas parecia que algo desviava a redonda do nosso gol. Seria nossa sorte? Agora eu creio que sim. 

 

Vencemos sim fora de casa por 1x0. Vitória muito importante para nossas pretensões, pois avançar de fase é um objetivo nosso. 

 

"Foi um jogo que a gente entrou com muita atenção, a jogada do gol a gente trabalhou bastante, essa inversão de bola. Entramos muito atentos ao jogo, sabíamos que eles iam tentar propor o jogo e a gente ia precisar ter muita atenção e priorizar uma marcação forte. É a terceira partida consecutiva que o CRB não toma gol. É importante ressaltar essa solidez defensiva"

-Marcelo Cabo. 

 

Agora os pensamentos se voltam para a Copa do Brasil, onde na quarta-feira, no Rei Pelé, o CRB receberá o Cruzeiro, no que será o jogo de volta da terceira fase da competição nacional, às 21:30h.  

A primeira partida vencemos por 2x0, mas manteremos os pés no chão e só vamos comemorar a classificação após o apito final do juiz. 

 

Então quarta-feira lugar de Regatiano é no Trapichão! Combinado pessoal? 

 

O nosso lema é amor ao CRB!

 

Por Adri Domingos 

 

*Esclarecemos que os textos trazidos nesta coluna, não refletem, necessariamente, a opinião do Blog Mulheres em Campo.