Não teve Futebol bonito! Mas teve UFC!

 

Um clássico no meio de semana era de se esperar um público presente baixo! Mas tão baixo como 13.869 de público total, desmereceu o tamanho que este clássico representa ao Estado.

Cerca de quase 2 mil torcedores do nosso Furacão foram ao Couto Pereira para acompanhar o jogo de “futebol” de ontem. E o que viram? UFC! Estranho né, mas logo entenderão.

Um jogo morno, sem muitas criações e trabalho para os goleiros, aquele joguinho feio de quarta feira noite, foi o jogo da noite!

Nenhuns dos dois times criavam, era falta de um lado, bola longa do outro, impedimento e assim prosseguia o primeiro tempo. Digamos que o jogo estava “equilibrado”, porém sem chance para nenhum time.

Até que aos 28 minutos do primeiro tempo, numa bola lançada para o volante Deivid, que da aquela quicada marota na frente do jogador, mas que quando estava prestes a dominar, o Goleiro Wilson (Coritiba), prevendo que o Jogador adversário ia sair na cara do gol (conforme ele mesmo falou no intervalo do jogo) “sem a intenção de atingi-lo” subiu com os dois pés na altura da cabeça do jogador! Tiro livre direto? Indireto? Pênalti? Não importa, MAS SE ISSO NÃO FOR FALTA, EU PRECISO VOLTAR A ESTUDAR FUTEBOL!

 

(Fonte Desconhecida)

O que o Juiz marcou? Lateral para o Atlético porque a bola foi tirada de campo para atendimento ao jogador Deivid que foi atingido e estava caído. Podem chamar de “choradeira” “mimimi” “desculpa de perdedor” “time pequeno só reclama” chamem do que quiser! Mas se isso não é UFC puro e chamam isso de futebol, é puro CLUBISMO.

Critica feita, segue o baile!

O jogo continuou sem as equipes levarem perigo aos gols contrários, Atlético arriscava pouco e Coritiba também.

Depois de uma falta de Pablo no jogador do Coritiba, o juiz amarela o jogador do Atlético e o jogador Leandro do time Alviverde que chegou ao lance apenas para tumultuar.  Leandro ainda cometeu outras faltas, nas quais seriam sujeitas a cartão amarelo e o juiz só dizia “segue o jogo”.  No intervalo ele foi substituído, por ali de burro só o juiz mesmo!

No inicio do segundo tempo, Nikão mesmo caído chuta para o gol de Wilson que faz a primeira defesa no jogo! Uma chance de abrir o placar desperdiçada.

 

https://www.atleticoparanaense.com/public/uploads/news/40988_14672520840_thumb-5-3.png

(Gustavo Oliveira/Site Oficial)

 

Muitos passes errados entre as equipes em campo.  Aos 18 minutos do segundo tempo, entra o nome do jogo, o cara que iria fazer o gol da vitória, Kazin. Walter e Marcos Guilherme entram na equipe do Furacão sem acrescentar muito ao time.

Aos 35 minutos, após um lance de perigo da equipe do Coritiba, na cobrança de escanteio o estreante Kazin abriu o placar para o rival, 1x0 para eles. O gol serviu para acordar o Atlético Pr,  levou perigo ao campo do Coritiba, mas sem nenhuma finalização correta e já era tarde demais! Fim de jogo no octógono Couto Pereira, Coritiba 1 x Atletico Pr 0.

Próximo jogo do Furacão é no sábado as 18h na Arena da Baixada contra o América MG.




por Nayara Bortolotti