Não tirem o nosso direito de torcer!

Torcedor torce e vibra com a Alma e vândalos, não nos representam! FPF pare de punir os torcedores de verdade e vá atrás dos verdadeiros culpados!

 

 


 

Hoje é dia de Libertadores e nosso maior ídolo em atividade, vulgo Rodriguinho não estará em campo, algo que acalenta meu coração sofredor. Vamos a Colômbia em busca da vitória para garantir nossa classificação e a liderança do grupo.

No jogo de logo mais, às 21h45, o Corinthians repetirá a escalação que enfrentou o Palmeiras com Cássio, Fagner, Felipe, Yago, Uendel, Bruno Henrique, Elias, Giovanni Augusto, Guilherme, Lucca e André. Mas a questão de hoje, não é o confronto de logo mais e sim uma nova ferida no coração de milhões de torcedores.

Resolvi escrever de forma menos formal, fugir dos padrões dos folhetins esportivos e falar com vocês como Fiel torcedora que sou. Nós formamos uma Nação apaixonada, uma Nação que não mede esforços para acompanhar nosso bem maior, Corinthiano segue a máxima de viver pelo Corinthians.

Viver de Corinthians não é fácil, não se existe um meio termo, mas isto não significa que ganhamos o direito de tirar a vida de outra pessoa pelo esporte. Dizer que entrou em uma briga por futebol é algo que já passei, muitas vezes ouvir sátiras ao nosso bem maior, nos tira do sério mas independente disto, jamais nos caberá a decisão sobre a vida de outra pessoa.

No fim de semana, após novo confronto entre os “torcedores”, uma pessoa perdeu a vida. Os Gaviões, já vem sendo perseguidos pela sequencias de protestos e agora por decisão do governo teremos torcida única nos clássicos…

 

“É a falência do futebol. A falência do estado refletida no futebol. A torcida é a solução atual, assim como foram a retirada dos mastros e a proibição de bebidas alcoólicas nos anos 90, o tempo passou e mostrou que nem de perto foram decisões acertadas, de nada adiantaram ao combate e prevenção à violência, a torcida única não foi eficaz em nenhum lugar do mundo”- Diretor dos Gaviões Fabrício Pouseu.

 

Créditos: andrecorinthiano.wordpress.com

 

É o fim! o fim do futebol!

Ah que saudade do futebol de outrora, de ver o estádio transbordando de torcedores, um verdadeiro “Mar Negro”, o mar dos Gaviões. O Hino sendo cantado a plenos pulmões, as bandeiras tremulando e os balões no céu, que ia sendo tingido pelas nossas cores. E os fogos? um show a parte! Fica um saudosismo no peito e a dor de imaginar, que meus decentes não saberão o que era um estádio divido pelo preto e o verde!

As torcidas empurrando seus times, a zoação na hora do gol pela a euforia de quem fez, e a cara de decepção de quem quem levou.

  Gaviões x Mancha

Corinthians x Palmeiras

Alvinegros x Alviverdes

Parque São Jorge x Parque Antartica

Itaquera x Barra Funda

 

foto_0602.jpg

 

Esta decisão do Governo, não resolverá o problema, assim como as outras não resolveram. Proibiram os mastros, as bebidas, os fogos, os sinalizadores...proibiram a festa nas arquibancadas. Os vândalos, por que me perdoem, mas estes seres não merecem ser chamados de torcedores, fizeram de suas armas pedras, cadeiras copos, enfim tudo que lhes aparecia e o restante da torcida, foi sendo acuada, sendo obrigada a seguir a cada dia mais regras, e isto gerou um afastamento dos estádios.

Hoje, eu não levaria um dos meus sobrinhos a um jogo, não vejo segurança. Vejo amigos ensinando seus filhos a torcer, a amar o futebol e sempre que há briga nos estádios, os mesmos correm desesperados com suas crianças. As Arenas, imponentes e belíssimas atraem o olhar de qualquer torcedor, mas a falta de competência da PM e do nosso governador, acuam a cada dia mais os amantes do futebol.

Torcida única não será a solução, tentar extinguir as uniformizadas não adiantará. Agora investir em segurança sim, punir os responsáveis sim, mas punir de verdade, para que paguem por seus atos, mas parem, parem por favor de estragar o futebol!

 

“A bandeira a tremular

Na loucura da arquibancada

Eu sou gavião, sou superação

Corrente forte que jamais será quebrada”

 

FPF, PM, Governador a corrente jamais será quebrada, desta forma vocês não calarão as torcidas.  Que as uniformizadas se unam contra esta decisão e tomem a consciência de que futebol é uma festa popular e não deve de maneira alguma ser cercado de violência.

Finalizando, fica a minha oração pela avó do nosso arqueiro Cássio, que mesmo com o problema familiar, viajou e está confirmado para a partida. Força Gigante! Força Vó Maria!

 

#EmbuscadoBi

#ForçaVóMaria

#CássioGigante

#nãoAoFutebolModerno

#nãoAViolencia


por Mariana Alves