Náutico estreia pela série B, mas não poderá contar com a torcida alvirrubra, pois o jogo será de portões fechados!

 

 

O jogo que acontecerá nesta sexta-feira (12), às 21:30, contra o América-MG será de portões fechados na Arena de Pernambuco. O STJD decidiu punir o Clube por conta da invasão de torcedores revoltados no jogo da última rodada do Campeonato Brasileiro da Série B contra o Oeste, onde o time alvirrubro perdia de 2x0 e com isso também não conseguiu o acesso à série A.

Neste jogo também teremos a estreia do Técnico Waldemar Lemos que teve apenas três dias para conhecer o elenco do Náutico e preparar a equipe para a estreia da Série B. O time passa por uma situação financeira muito difícil. Waldemar tem buscado também na base da conversa passar confiança aos mais jovens para que não sintam o peso das partidas e mostrem um bom futebol.

 


“A conversa vai sempre existir. Conversamos muito e também trabalhamos muito. Tivemos uma média de 2h30 por dia de trabalho. Acho que foi satisfatório, mas o futebol é amplo, complexo e muitas coisas ainda precisam ser colocadas. É preciso que todos entendam o que está sendo passado. Não adianta empurrar um jogador para dentro do campo. Precisamos detalhar bem e conceituar tudo para que dê certo no jogo”, explicou Waldemar Lemos.

 

 

Imagem: nautico-pe.com

 

 

“Antes de tudo é preciso ter confiança daquilo do que é capaz de produzir, mas também ter a consciência das limitações. E que entenda o que foi colocado nos treinamentos, conversando diariamente a respeito das possibilidades para que tenham uma boa apresentação. Vejo qualidade no jogador de futebol brasileiro. Acredito nesse trabalho e temos condições de fazer o que fizemos em 2011 quando saiu Douglas Santos e Rogério da base do Náutico”, concluiu.

 

 

Com a chegada do treinador, atletas da base como Jefferson Nem e Cal Rodrigues devem receber novas oportunidades no time titular.

Segundo o blog do torcedor, o jogador Marco Antônio acerta sua saída e não joga mais pelo Náutico. Em entrevista o meio-campista revelou que conversou com a diretoria e chegaram a um acordo, ainda que verbal, pelo fim de sua passagem pelo Náutico. Disse também que lhe propuseram uma situação que não seria de redução, mas sim na forma de pagamento e como já tem muita coisa pendente, não teria como aceitar e seguir no clube. Também deixaram o Náutico o lateral Giovanni o meia Dudu e o zagueiro Éwerton Páscoa, além do técnico Milton Cruz e seu auxiliar Ivan Izzo.

 

Imagem: Blog de torcedor

 

#JogandoJunto

#ElasPeloNáutico

#AquiÉNáutico

 

Por Maria Luiza, todos unidos pelo Náutico, essa luta também é nossa!