NEM TODOS SÃO SANTOS

 

(Foto: GazetaPress)

Horrível. Essa é a palavra que pode definir a atuação da equipe santista hoje diante do Internacional. Um público de pouco mais de 4 mil pessoas presenciou uma das piores partidas – se não a pior -  do Santos na temporada.

Com uma invencibilidade até então de 29 jogos em casa, a torcida tinha esperanças de que o Santos manteria a boa sequência na Vila Belmiro, porém, com o futebol pífio apresentado hoje, a derrota foi extremamente merecida.

Um time sem vontade, que não criou jogadas, apagado dentro de campo e levando sufoco DENTRO DA PRÓPRIA CASA mais uma vez! O Santos jogou e agiu como se estivesse jogando fora de casa, aliás, sabemos que suas atuações fora de seus domínios, não são lá essas coisas.

Mas, esse não é o momento de fechar os olhos e dizer que está tudo “lindo e maravilhoso”, que foi apenas uma partida. Não, não e não! O problema do Santos já é antigo e a torcida apenas se iludia com as boas atuações da equipe dentro de casa e agora que nem em casa jogamos bem, isso parece ficar mais claro: TEM ALGO ERRADO!

Primeiro, o time perde pros RESERVAS do Atlético Mineiro.

Segundo, levou sufoco em casa do Coritiba e ganhou por puro mérito de Renato que fez o gol no último lance de jogo.

Terceiro, deixou escapar a vitória fora de casa contra o Figueirense faltando poucos minutos para acabar a partida

E agora, perde em casa com jogando de uma forma - como eu já disse – ridícula. As más atuações do Santos não são novidades. O que custa a equipe jogar com um pouco mais de vontade? Honrar a camisa que vestem é o mínimo que eles podem fazer!

Elenco para brigar pelo Brasileiro? Do jeito que está, é bem difícil, o “G-Santos” já é realidade...Mais uma vez!

Dorival, meu querido, não tenha medo de mexer na equipe, sei que as opções que você tem no banco de reservas deve te dar vontade de chorar, até porque essa é a vontade que eu tenho. Não espere a situação piorar para fazer substituições e nem vou culpá-lo pela derrota de hoje e nem desejo que você caia. Afinal, acredito que a culpa não seja sua e espero de coração que você tenha dado uma bronca merecida em cada jogador que “entrou” em campo hoje, com excessão do Ronaldo Mendes e do Vitor Bueno, que foram os únicos que se salvaram.

A ausência de Lucas Lima, Gabriel e Ricardo Oliveira fazem falta? SIM, MUITA. Mas se cada jogador entrasse jogando com vontade e com raça, sem dúvidas, dariam conta do recado. Algo que por sinal, não estão fazendo.

Queria muito estar escrevendo sobre uma vitória do Santos e em uma “ilusão” sobre a real situação da equipe, porém, abri os olhos e o fato de eu estar “criticando” não me faz menos torcedora, mas sim alguém  que sabe reconhecer  e apontar os erros quando necessário pelo próprio bem da equipe, mas que JAMAIS deixará de apoiar.

“Seja qual for a sua sorte, de vencido ou vencedor.”

Carolina Ribeiro