Ninguém segura o Rei da Champions League

 

Os madridistas estão se perguntando no momento, como não se empolgar o que já é realidade a La Décima Segunda taça da Champions League?

 

O primeiro passo para às quartas de finais já foi dado. Diz o ditado, que no futebol nada é impossível, mas esse ditado não se encaixa pro Napoli, pois é basicamente impossível eliminar o poderoso Real Madrid. A sina de nunca ter passado das oitavas de final vai continuar SIM pro time italiano.  

Foto: Ángel Martínez Real Madrid oficial


 

O Real Madrid entrou em campo ontem  (15/02) no primeiro duelo das oitavas de final da Liga dos Campeões diante do Napoli, no Santiago Bernabéu lotado , a torcida merengue deu show. Dois torcedores ilustres estiveram no estádio, o tenista Rafael Nadal estava na torcida pelo Real Madrid, na do  Napoli tinha Diego Maradona, que por sinal deveria ir mais vezes aos jogos do Real, digamos que deu sorte para os madridistas.

 

O JOGO


 

Logo no  primeiro minuto de jogo, Benzema teve a chance de abrir o placar para os donos da casa, mas o goleiro Reina fez boa defesa impedindo o gol merengue. O time da casa começou em ritmo acelerado, mas quem abriu o marcador foram os visitantes. Aos 8 minutos, Insigne recebeu um passe de Hamsik, que percebeu o goleiro Navas adiantado para abrir o placar no Bernabéu, uma falha grotesca do goleiro merengue. Mesmo atrás no placar, o Real Madrid continuou atacando, mas o gol não saia. Aos 18 minutos em uma jogada pela direita, o camisa 2 Carvajal levantou a bola na grande área para o artilheiro do Real na competição, Benzema cabecear e igualar o placar no Bernabéu. Após o empate os merengues continuavam a atacar o time italiano que se defendia e tentava jogar no contra ataque, mesmo com tentativas e gols perdidos, principalmente do Cristiano Ronaldo que perdeu um gol feito, quando recebeu na área de frente com o goleiro Reina e chutou por cima do gol, de  ambas as equipes o primeiro tempo terminou empatado. O melhor da partida viria no segundo tempo.

 

No segundo tempo, o Real Madrid voltou a campo botando pressão no adversário, e logo aos 4 minutos, Cristiano Ronaldo fez uma bela jogada pela direita puxando a marcação, e tocou para Kroos na entrada da área que chutou no contrapé do goleiro Reina pra virar o jogo para a equipe madridista e explodir de vez o coração da torcida. Cinco minutos depois um golaço para levantar de vez a torcida no Bernabéu. Casemiro aproveitou uma sobra de bola e chutou no canto direito sem chance para o goleiro Reina, um golaço do brasileiro.

 


Foto: Ángel Martínez Real Madrid oficial

 

Com o placar ao seu favor, o time da casa continuou atacando, e perdendo a oportunidade de ampliar o placar, mas também por mérito do goleiro Reina que fez boas defesas. Só aos 36 minutos da etapa final que a torcida merengue levou um susto quando Callejón marcou o gol, porém a arbitragem marcou impedimento corretamente. A partida acabou 3x1 para os madridistas.

 

O jogo da volta será no dia 7 de março no estádio San Paolo, em Nápoles às 16:45 (horário de Brasília). O time espanhol tem a vantagem e pode perder com um gol de diferença ou com dois gols, desde que marque no território adversário.

Para o duelo da volta, o time madridista conta a volta do galês Gareth Bale ao time, para formar o trio BBC. E se já difícil ganhar do Real Madrid, imagine com esse trio.

 

Empolgação à parte dos torcedores, o time do Real Madrid tem tudo pra conquistar o 12 título da Champions. O único time que pode superar os merengues, é o time alemão Bayern Múnchen, que também está voando na competição, mas isso não tira a confiança dos torcedores madridistas que acredita no time, acredita acima de tudo no título.

 

Rosileide Ribeiro