NO CLÁSSICO DAS EMOÇÕES, DEU SANTA CRUZ!

Com pouco público e grande expectativa, o Santinha levou a melhor na 2° rodada da fase de grupos pela Copa do Nordeste.

(Foto: Rodrigo Baltar)

Pelos arredores do Arruda, antes de começar a partida, já dava pra sentir que não teríamos um público considerável para o jogo. O torcedor coral não tem feito jus ao título de Torcida Mais Apaixonada do Brasil, com público baixíssimo para o 1° clássico em casa este ano.
 

VAMOS AO JOGO

Santinha entrou em campo com a seguinte escalação: Júlio César, Bruno Silva, Jaime e Roberto; Elicarlos, David e Léo Costa; Thomás, Éverton Santos e André Luís.
 
Aos 6’ o Santa já assustava a defesa alvirrubra com dois cruzamentos na área do Timbu. Aos 14’, André disputou a bola com Tiago Cardoso e quase leva a melhor. O restante do 1° tempo foi de muito toque de bola e poucas jogadas com perigo de gol.
 
O segundo tempo começou com pressão para a equipe alvirrubra, três escanteios seguidos cruzando a área do Timbu. E logo aos 8’, o torcedor tricolor pode soltar o grito de GOL preso na garganta: Thomás armou uma espetacular jogada individual e deixou Éverton Santos livre para empurrar pro gol do Náutico. 
 

(Foto: Rodrigo Baltar)
 
O gol se deu numa das famosas saídas equivocadas do ex-ídolo coral Tiago Cardoso, Éverton Santos não perdoou e completou a bola para o gol. Sofremos muitos gols por erros como esse, fazer um gol assim é uma questão de justiça.
 
Depois do gol, o jogo se modificou bastante. O Náutico tinha pressa pra deixar tudo igual no placar e o Santinha com sede de ampliar. Aos 17’, tínhamos a vantagem no placar e o controle do jogo, mantendo a maior posse de bola. Aos 18’ o lateral tricolor Roberto levou o 1° cartão amarelo da partida.

Substituição aos 21’: saiu André Luís e entrou William Barbio. Segundo cartão para o Santinha aos 22’, Elicarlos levou. E na enxurrada de cartões amarelos, sobrou também para o Vitor aos 25’ e para Léo Costa aos 38’.

Halef Pitbull estreou, entrando no lugar de Thomás. Mais um cartão amarelo, mas desta vez para a Ananias, do Náutico. Aos 40’, Vitor teve uma boa chance de gol, mas Tiago Cardoso defendeu. Última alteração: aos 42’ saiu Éverton Santos aplaudido pela torcida para a entrada de Thiago Primão. Mais 3’ de acréscimo e vitória para o Santa: 1 X 0.

 

PRIMEIRA VEZ DE TIAGO CARDOSO NO ARRUDA DEFENDENDO O RIVAL

A reação da torcida  coral merece destaque. Tiago Cardoso não teve paz! Mal tocava na bola e ouvia: "OOOOOOOOOOOOHHHHHH JUDAS!"
 
E foi assim durante toda partida. Pelo que se viu ontem, o tricolor não vai perdoar o ex-ídolo tão cedo.
 

LÍDER DO GRUPO A

Com a vitória, o Santa Cruz lidera o grupo com 4 pontos, já o Náutico ocupa a vice-liderança com 3 pontos, seguido pelo Campinense com 1 e Uniclinic com 0. Hoje o Uniclinic recebe o Campinense e nós precisamos de um empate para nós mantermos no topo. 
 
 
PÚBLICO: 5.086;
RENDA TOTAL: R$ 61.730,00.
TORCEDOR CORAL, CHEGUE JUNTO! O TIME PRECISA DE VOCÊ!
 
Por Amara Lima.