NO DERBY NÃO DEU, MAS A CLASSIFICAÇÃO ESTÁ EM MÃOS

 

Foto: Globo Esporte/Felipe Zito 

 

Em quarta-feira de retorno após a paralisação causada pela pandemia do coronavírus, o Palmeiras enfrentou o Corinthians em jogo válido pela décima primeira rodada do Campeonato Paulista. A partida resultou em derrota alviverde por 1x0. Apesar do mau resultado, o Palmeiras ainda sim se classificou para a próxima fase do campeonato. 

 

Sobre o jogo

 

O início do jogo até que empolgou a torcida palmeirense: aos 2 minutos do primeiro tempo, Willian Bigode arriscou um chute por cobertura por cima do gol de Cássio, mas a bola bateu na trave. Nos minutos iniciais, Rony também tentou, mas foi parado pelo goleiro adversário.

Aos 14 minutos, em uma cobrança de escanteio, foi a vez do Corinthians finalizar e, aproveitando a falha de Zé Rafael, Gil subiu sozinho e fez o único gol da partida. Jogada que também contou com falha (o famoso frango), de Weverton. Ainda no primeiro tempo, alguns jogadores arriscaram, mas sem causar muito perigo.

Em disputa de bola e espaço, Patrick de Paula e Viña se colidiram, lance em que o lateral saiu na pior, tendo que ser substituído aos 21 minutos cedendo lugar ao Diogo Barbosa. 

Luxemburgo não quis esperar muito e já no início do segundo tempo entrou com Lucas Lima no lugar de Zé Rafael. Na segunda etapa, recuperando-se na partida, o Palmeiras trabalhou bem o ataque chegando mais vezes ao gol, mas as finalizações ficaram nas mãos do goleiro corintiano. 

Não satisfeito ainda com a atuação de seus jogadores, Luxemburgo não hesitou em mexer na equipe, colocando Wesley e Gabriel Menino no time, dando mais rapidez às jogadas. Raphael Veiga também teve oportunidade, mas não aproveitou muito bem essa chance.

Com muito a se pensar e aprimorar para o mata-mata, o Palmeiras se prepara nesse restante de semana para enfrentar o Água Santa pela última rodada, no domingo (26), às 16h. 

Quanto maior a expectativa, maior a decepção! Só queria uma vitória para finalizar bonito a primeira fase do campeonato. 

Avanti Palmeiras! 

 

Por Victória Amorim 

 

*Esclarecemos que os textos trazidos nesta coluna não refletem, necessariamente, a opinião do Blog Mulheres em Campo.