NO DUELO DE ÍNDIOS, O XAVANTE TEM A OBRIGAÇÃO DE GANHAR

 

 

Neste domingo (10), o Bento Freitas recebe a partida entre Brasil e Aimoré: o duelo do Índio Xavante contra o Índio Capilé. Sofrendo no desespero da amarga lanterna do campeonato, o rubro-negro busca diante de sua torcida, a primeira vitória para afastar o fantasma do rebaixamento.

O técnico Paulo Roberto Santos, mais uma vez, encontra problemas pela frente para escalar a sua equipe. O capitão Leandro Leite está suspenso e ainda não há uma certeza de quem o substituirá, embora Diogo Oliveira seja a mais forte opção. Por outro lado, Washigton também é dúvida na partida mas ainda será avaliado pelo DM no sábado.

 

(Foto: Twitter Michel Burkert)

 

Seja quem for que estiver em campo no domingo, vai ter que dar o sangue e o suor em busca da vitória. Em entrevista coletiva, o comandante declarou:

 

“O ideal seria aliar uma boa atuação com a vitória, mas na atual situação os três pontos são importantes venham da maneira que vier”

 

Certamente, a maior e mais fiel não pensa diferente. Alguns torcedores foram até a Baixada durante a semana, conversaram com o elenco, explicaram a importância da competição e pediram foco e comprometimento para a partida deste fim de semana. Ou seja, mesmo com gol chorado a vitória tem que vir: no suor, no sangue e na raça.

 

(Foto: Divulgação Diário Popular)

 

O confronto contra o Aimoré ainda marca um reencontro curioso para o xavante: o ex-goleiro Marcelo Pitol agora defenderá a meta do adversário. Em entrevista ao Diário Popular, Pitol falou sobre o seu sucessor: Carlos Eduardo. O jovem arqueiro rubro-negro teve uma atuação espetacular contra o Internacional apesar da derrota da equipe.

 

“Carlos é um cara que aprendeu muito com o Martini e comigo por sermos mais experientes. Nos damos muito bem. Ele foi muito bem nesse começo e é uma posição muito complicada. Vida de goleiro não é fácil. Tem potencial para ser um grande goleiro, em cenário nacional e mundial, que é o que todo atleta almeja”

 

Com todo o respeito e gratidão ao que fez por nós, esperamos que Carlos Eduardo seja o único a não tomar gol no domingo, Pitol. Só lamento! Além do nosso jovem paredão, o Brasil deve entrar em campo com Ricardo Luz, Camilo, Heverton, Bruno Santos; Diogo Oliveira, Sousa, Douglas Baggio, Velicka, Branquinho e Michel.

 

O adversário

O Aimoré realizou treinos de dois turnos durante os dias de preparação para o confronto. Pela manhã, os atletas dedicaram seu tempo ao trabalho com bola e usaram o período da tarde para focar no condicionamento físico.

A princípio, a equipe que vem a Pelotas foi definida no treinamento da quinta-feira (7), mas nada foi revelado até então. Em entrevista coletiva, o técnico Gilson Conte afirmou que seu time treinou muito a bola área, contando que a repetição é o caminho para o acerto. Melhor a nossa zaga ficar de olho!

A equipe aimoresista tem Elias como suspenso, sendo a certeza de ausência no jogo. As dúvidas ficam por conta de Wagner, que apresentou dores na coxa e Marco Antônio com amigdalite. Ambos estão sendo monitorados pelo departamento médico.

O Índio Capilé se encontra na nona posição da tabela, com seis pontos somados.

 

(Foto: Carol Freitas)

 

FICHA DO JOGO

BRASIL x AIMORÉ

GAUCHÃO – 6ª RODADA

 

Local: Bento Freitas

Data e horário: 10/02 (domingo), às 18h

Arbitragem: Douglas Silva, Michael Stanislau, Max Augusto Guimarães Vioni e Rafael Rodrigo Klein

Ingressos: R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia-entrada)

Transmissão: Rádio Pelotense

 

Por: Alice Silveira