NO SUFOCO, CORITIBA VENCE O SANTA CRUZ E SOMA OS TÃO SONHADOS 45 PONTOS!

O que era para ser fácil se tornou difícil na noite desta quarta-feira (16). O Coritiba recebeu em casa o time do Santa Cruz, que estava praticamente rebaixado, e para o Coxa bastava fechar o caixão do Santa e chegar aos tão sonhados 45 pontos. Foi assim que aconteceu, mas foi um sufoco, o time do Coritiba jogando em casa deixou o Santa Cruz dominar partida.

FOTO: Coritiba Oficial

O time Pernambucano tinha tudo para vencer o Coritiba, jogadores de qualidade é o que não faltavam, para o goleiro Wilson a derrota foi injusta:

“A equipe já quase rebaixada, mas com jogadores de muita qualidade e tomamos alguns sustos na partida. Se no futebol existisse Justiça, o empate seria mais justo. Mas ocorreram outros jogos que merecíamos a vitória e não conseguimos” - afirmou em entrevista para a rádio Banda B.

O JOGO

Nos primeiros dois minutos do primeiro tempo, Leandro apareceu nas costas da defesa, mas na hora da finalização mandou a bola muito forte, saindo por cima do gol. Na sequência, o Santa deu a resposta com Grafite, mas o goleiro Wilson estava atento e fez boa defesa. Mesmo com maior posse de bola, o time alviverde encontrava dificuldades para passar pela defesa do Santa, já o time Pernambucano levava perigo com o experiente Grafite. No fim do primeiro tempo, o Santa teve três chances claras de gol, já o Coritiba teve apenas uma boa chance com Juninho de cabeça.

Na volta para o segundo tempo, o técnico Carpegiani tirou Raphael Veiga para a entrada de Iago, mas quem levou perigo ao gol foi o time do Santa Cruz, que desta vez teve duas oportunidades com Keno e Grafite. Precisando vencer, o técnico fez mais duas mudanças, saiu Juan e Carlinhos para a entrada de Dodô e Yan. Aos 24 minutos Kléber mandou para Kazim, que tentou se esticar para mandar a bola para o gol, mas não conseguiu. Aos 29 minutos, Kléber arrancou e mandou a bola para Leandro que, com tranquilidade, mandou para o gol, aliviando a torcida alviverde.

O fim da partida foi tenso, o Santa Cruz buscou o empate, mas o time do Coritiba conseguiu segurar o placar e somou três pontos importantes para fugir de vez da Z4. Já o Santa Cruz foi o segundo time a ser rebaixado no Campeonato.

Uns dias antes do jogo, Carpegiani falou que não ficaria no Coritiba, o que causou um pequeno tumulto na imprensa. Após o jogo, em entrevista coletiva, não teve outra pergunta a não ser essa, fica ou não fica? Carpegiani com tranquilidade pediu desculpas e declarou: “Se vou ficar ou não é coisa para depois do dia 31”.

Agora ao Coritiba resta terminar o Campeonato, vencer ainda é obrigação. O próximo compromisso agora é o Flamengo, fora de casa o Coxa vai em busca da sua terceira vitória consecutiva.

Brasileiro 2016 - 35ª rodada

Coritiba 1 X 0 Santa Cruz

Local: Couto Pereira - Curitiba - PR

Data: 16/11/2016

Horário: 21:00h

Árbitro: Jean Pierre Goncalves Lima - RS (ASP-FIFA)

Assistentes: Nadine Schramm Camara Bastos - SC (FIFA) e Leirson Peng Martins - RS (CBF-1)

Quarto Árbitro: Francisco de Paula dos Santos Silva Neto - RS (CBF-1)

Coritiba: Wilson, Cesar Benitez, Walisson Maia, Juninho, Carlinhos, Amaral, Juan (Yan Sasse), Raphael Veiga (Iago Dias), Leandro, Kazim e Kleber

Técnico: Paulo Cesar Carpegiani

Banco: William Menezes, Dodô, Nery Bareiro, Geovane, Edinho, Bernardo, Ruy, Yan Sasse, Iago Dias, Vinícius e Evandro

Santa Cruz: Tiago Cardoso, Vitor (Arthur), Luan Peres, Danny Morais, Roberto, Derley (Bruno Moraes), Jadson (Pisano), Léo Moura, João Paulo, Keno e Grafite

Técnico: Adriano Teixeira

Banco: Edson Kolln, Wellington Silva, Marcilio, Danilo Pires, Arthur, Marlon, Pisano e Bruno Moraes

GOLS DO JOGO:

Leandro (Coritiba) - aos 29 minuto(s) do 2º Tempo

Cartões DO JOGO:

Amarelos: Pisano (Santa Cruz), Danny Morais (Santa Cruz)Raphael Veiga (Coritiba), Carlinhos (Coritiba), Dodô (Coritiba)

Vermelhos: Não houve

 

JUNTOS ATÉ O FIM !

Por Patrícia Moro - A vida me fez Coxa Branca e eu fiz do Coritiba a minha vida!

Curta Blog Mulheres em Campo