NO SUFUCO E COM DOIS A MENOS: ASSIM VEIO A CLASSIFICAÇÃO DO BRASIL

 

(Foto: SE Gama)

Com um jogo de seis gols, o Brasil de Pelotas resistiu à pressão do Gama, segurou o empate por 3 a 3 e avançou para a próxima fase da Copa do Brasil, pelo regulamento a vantagem do empate é do time visitante. A equipe do Gama, que fez um belo jogo, volta suas atenções agora para o Campeonato Brasiliense, onde está invicto.

O primeiro tempo foi bastante movimentado no Bezerrão, com o time da casa colocando pressão no adversário. Mas quem abriu o placar do jogo foi o Brasil. Aos 8 minutos, após cobrança de falta, a bola sobrou para Wesley mandar para o fundo do gol de Rodrigo Calaça. Logo após, aos 11 minutos, Lázaro cometeu falta em Emerson dentro da área e o árbitro marcou a penalidade máxima para o Gama. Tudo igual no jogo, 1x1.

O gol de empate deu um ânimo maior para o Gama que voltou a pressionar o Xavante. Aos 16’, Andrei Alba fez uma bela jogada dentro da área, rolou a bola para Luquinhas que tinha o gol vazio à sua frente, mas acabou se enrolando e mandando a bola para fora. O camisa 7 perdeu uma chance de ouro para colocar o Gama a frente do placar. Foi hora então, do Brasil chegar na área do adversário com Ednei, que cruzou a bola na cabeça de Lázaro que não conseguiu colocar força, facilitando a vida do goleiro Rodrigo. Aos 27 minutos, após um aviso do quarto árbitro, o juiz Woshington da Silva foi até o banco de reservas e expulsou um membro da Comissão Técnica do Brasil.

Após uma baita confusão dentro da área, o árbitro assinalou pênalti para o time Gaúcho e o jogador Emerson do Gama levou cartão amarelo. Wellington Simião bateu com categoria e colocou o rubro-negro de volta à frente do placar. No minuto seguinte, o Gama deixou tudo igual novamente: aos 31’, Luquinhas subiu mais alto do que toda defesa do Brasil, em cobrança de escanteio e empatou o jogo. 2x2 e uma bela partida do Bezerrão. Já no finalzinho do primeiro tempo o goleiro xavante Matheus Nogueira recebeu cartão amarelo por fazer cera.

O segundo tempo começou mais cadenciado, a equipe do Gama seguia buscando o gol da classificação, mas a defesa do Brasil estava atenta. Aos 13 minutos o atacante Cristian, do Brasil, fez uma dura falta em Tarta, recebeu o segundo amarelo e foi expulso. Com um jogador a menos o Brasil buscava segurar o jogo e, aos 16’, em um contra-ataque, Gabriel Poveda ficou cara a cara com o goleiro Rodrigo Calaça e chutou entre as pernas do goleiro. Brasil novamente a frente do placar. A equipe de Brasília seguiu na pressão e quase empatou o jogo com Andrei Alba, mas a bola passou raspando a trave do goleiro Matheus.

Já estava no finalzinho do segundo tempo e a pressão do Gama seguia forte, foi um bombardeio na área do Brasil de Pelotas. Aos 40’ Michel Platini empatou o jogo de cabeça, com uma ajudinha de Matheus Nogueira que falhou no lance. O Brasil ainda contou com a sua segunda expulsão no jogo, Nathan recebeu vermelho direto após uma entrada feia em Tarta. O Xavante agora tinha dois jogadores a menos e corria contra o tempo para segurar o empate e conseguir a classificação para a próxima fase. E foi assim que terminou, 3 a 3 e o Brasil avançando na competição.

O próximo adversário do Xavante na Copa do Brasil será o Manaus, que eliminou a equipe do Coritiba vencendo o jogo por 1 a 0. O jogo será no estádio Bento Freitas e a data ainda será confirmada pela CBF.

O Xavante terá um tempinho para descansar, pois só volta a campo no dia 1º de março para enfrentar o Novo Hamburgo, pela primeira rodada do segundo turno do Campeonato Gaúcho.

Por Amanda Rodrigues

Fonte: GEB Oficial / globoesporte.com

 

*Esclarecemos que os textos trazidos nesta coluna, não refletem, necessariamente, a opinião do Blog Mulheres em Campo.