NOITE DE GALA E EMOÇÃO

 

 

Em noite emocionante, gazeta premia os melhores do Brasileirão.

 

No último domingo (09), foi ao ar a 15ª edição de um dos mais importantes prêmios do futebol. O Troféu Mesa Redonda apresentada por Michelle Giannella e Flávio Prado que celebrou o final do Campeonato Brasileiro de 2018.

 

(Foto: Gazeta Esportiva)

 

 

A seleção do campeonato contou com Vanderlei do Santos no gol; Rodinei do Flamengo na lateral direita. A zaga ficou com Pedro Geromel do Grêmio e Dedé do Cruzeiro que protagonizou um dos momentos emocionantes da noite.

 

Recuperado de uma sequência de lesões, o jogador da raposa teve como padrinho seu ídolo Reinaldo, que está se recuperando de câncer no pulmão. O príncipe do pagode e o zagueiro trocaram muitas mensagens por meio de redes sociais de incentivo para os seus tratamentos ao longo deste ano, mas só se conheceram no palco da Gazeta.

 

(Foto: Gazeta Esportiva)

 

Seguindo a premiação na lateral esquerda, o vencedor foi Reinando do São Paulo, e o melhor volante da competição foi Felipe Melo do Palmeiras.

          

No meio campo os premiados foram, Paquetá do Flamengo; Bruno Henrique e Lucas Lima do Palmeiras que não pode ir à premiação e mandou a estrela da noite receber o troféu em seu lugar Nickollas Grecco. O torcedor de apenas 11 anos que é deficiente visual e tem a mãe como narradora.

 

Os atacantes premiados foram Gabigol do Santos e Dodô do Palmeiras que não puderam comparecer a cerimônia.

 

O melhor técnico do campeonato não poderia ser outro, Felipão fez uma temporada incrível com Palmeiras. Quando chegou na 17ª rodada do Brasileirão, o clube ocupava a sexta colocação, sem perder nenhuma o treinador levou o time até a Taça.

 

O menino da vila, Rodrygo, teve a honra de receber o prêmio de revelação do campeonato.

 

Já o Troféu Gazeta esportiva, que premia o melhor jogador da competição, ficou foi com Bruno Henrique do Palmeiras.

 

(Foto: Triple Assessoria)

 

Hortência do Basquete, Falcão do Futsal, Zé Roberto que hoje dirige o Palmeiras e Sheik que aposentou a chuteiras nesta temporada, foram homenageados.

 

Mais o melhor da noite ficou mesmo para o final, o presidente da Sociedade Esportiva Palmeiras, Maurício Galiott, recebeu a placa de premiação pelo título da competição, mas ele não pensou duas vezes e entregou para os símbolos do Brasileirão 2018, Nickollas e sua mãe Silva Grecco.

 

(Foto: Gazeta Esportiva)

 

Foi inevitável não se emocionar, ao ver o amor de uma torcedora que escolheu ser mãe de alguém tão especial, e ainda compartilhou com seu filho a preciosidade que é ser apaixonado por futebol. Nickollas com toda certeza enxerga o jogo melhor do que qualquer pessoa, porque ele não vê com os seus olhos, ele vê com os olhos, a narração e o coração da sua mãe!

 

Que cada vez mais Nickollas encontrem Silvias, para que este esporte continue sendo palco de lindas histórias que nos mostram que jamais será “SÓ FUTEBOL”.

 

Por Jéssica Gonçalves.