Noite de jogos decisivos por vagas na Copa do Mundo

COPA DO MUNDO

Seleção Brasileira entra em campo classificada e a Argentina precisa vencer para não dar adeus ao sonho

 

Os embates válidos pela 18ª rodada das eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo 2018, na Rússia, da noite desta terça (10) prometem fortes emoções. Os resultados podem desclassificar seleções de peso e com história no futebol mundial e fazer a alegria de outras que tem como objetivo voltar a disputar a competição.

 


Brasil entra em campo garantido na Rússia 2018(Foto: Fernando Bizerra/AFE)

 

A seleção Brasileira enfrenta o Chile no estádio Allianz Parque, em São Paulo, a partir das 20h30 (BSB), e entra em campo com a classificação garantida e como líder da tabela, com seus 38 pontos conquistados. O Chile é o terceiro colocado e precisa vencer para manter viva a esperança.

O time do técnico Tite terá poucas modificações na escalação. Ele colocará o goleiro Ederson, para ser observado, e o zagueiro Marquinhos entrará no lugar de Thiago Silva, lesionado. E como o técnico promove um rodízio de capitães Marquinhos será o 13º jogador a usar a braçadeira na partida de hoje. Sobre a classificação, Tite usa um discurso elegante:

“Agradeço por já estar classificado. Disse isso aos atletas. Imaginem o que todas as outras equipes não estão dormindo, com o peso da responsabilidade, sabendo o quanto o futebol mexe com a alma de cada país. Vamos fazer o que é importante para nós, para a dignidade de uma equipe e de um povo, procurando crescer. Os outros colherão os frutos dos seus trabalhos”, comentou.

Argentina x Equador

A Argentina vive um momento dramático embalado por um tango de Astor Piazzolla. Fez uma péssima campanha na fase de classificação e agora só a vitória salva a seleção comandada por Messi de um possível vexame: o de não jogar uma Copa do Mundo.

 


Drama argentino (Foto: Victor R. Caivano)

 

O jogo contra o Equador, no Estádio Olímpico Atahualpa, em Quito, às 20h30 (de Brasília), válido pela última rodada das Eliminatórias, pode ser o mais importante da vida dos jogadores da Alviceleste. Em sexto lugar com parcos 25 pontos, a seleção precisa vencer para garantir uma vaga na repescagem contra a Nova Zelândia, já que as seleções do Peru e da Colômbia estão à frente.

E nem mesmo Messi consegue resolver o problema, já que não marca gol. Ele até fez boa partida contra o Peru mais todas as suas tentativas foram bloqueadas pelo goleiro Gallese, e tudo não passou de um 0 x 0. A seleção argentina fez apenas 16 gols em 17 rodadas, um ataque ineficaz para quem sonha em participar da Copa. Que fase.

Apesar da situação adversa, o treinador Jorge Sampaoli afirmou ao canal de televisão inglês Sky Sports que acredita na classificação de sua equipe:

“Dependemos apenas de nós. Estou confiante. Se jogarmos com o Equador como fizemos contra o Peru venceremos e estaremos na Copa do Mundo. A equipe está desapontada e incomodada com o empate do último jogo, mas consciente de que se vencer o Equador, conseguimos a classificação para o mundial. Vamos continuar jogando como fizemos contra a Venezuela e contra o Peru, isso eu lhe garanto”, disse Sampaoli.


 

Uruguai X Bolívia

A seleção Uruguaia precisa apenas empatar com a Bolívia para carimbar seu passaporte para a Rússia. E conta com o talento de seu ataque poderoso formado por Cavani e Suárez para garantir a classificação na partida que acontece hoje (10), às 20h30 (BSB), no Estádio Centenário, em Montevidéu.

 


Suárez e Cavani estão garantidos nas rodadas finais das eliminatórias (Foto: Pablo Porciuncula Brune)

Na segunda posição, com 28 pontos, a Celeste só corre risco de cair na repescagem se perder o jogo e através de uma combinação pouco provável de resultados. A Argentina teria que golear o Equador e o Chile vencer o Brasil. A seleção Boliviana já está eliminada e cumpre tabela.

O Maestro do Uruguai, Óscar Tabárez fez questão de ressaltar que não existe clima de já ganhou entre seus jogadores.  

“Nós estamos a um ponto de conseguirmos o nosso grande objetivo nesta competição e é muito bom chegarmos aqui dependendo apenas do nosso próprio resultado. Vamos jogar em casa e por isso muitos estão falando em festa, mas para nós é uma decisão, pois a Bolívia vai fazer de tudo para atrapalhar a nossa vida. Não podemos facilitar as coisas para eles”, destacou.

A única mudança no time que entra em campo hoje à noite é a ausência do volante Nahitan Nández, que cumpre suspensão por cartão amarelo recebido no jogo contra a Venezuela. Ele será substituído por Carlos Sánchez.

 

Paraguai x Venezuela

O Paraguai recebe a Venezuela no Estádio Defensores del Chaco, em Assunção, às 20h30 (de Brasília), e entra em campo embalado e com a confiança fortalecida depois da virada sobre a Colômbia, por 2 x 1, nos últimos minutos. Os venezuelanos, na lanterna com nove pontos, estão eliminados e apenas cumprem tabela.

 


O paraguaio Oscar Cardozo marcou o gol de empate contra a Colômbia (Foto: Luis Acosta/AFP)

 

Os paraguaios estão na sétima posição com 24 pontos, porém têm apenas um a menos que o quinto colocado Peru. Se vencer, o Paraguai pode até ir para a Copa do Mundo, se Chile e Argentina perderem, respectivamente, de Brasil e Equador. Isso já os leva ao menos para a repescagem. O técnico Francisco Arce pediu que seus atletas pensem apenas na Venezuela.

“De nada vai adiantar os outros jogos ajudarem se a gente não conseguir fazer a nossa parte contra a Venezuela, o que seria altamente frustrante depois de tudo o que aconteceu nos últimos jogos. Portanto, temos que ir a campo e fazer o que está ao nosso alcance primeiro. Pelo grau de competitividade do confronto, um triunfo deverá nos render coisas muito boas”, disse o treinador.

O Paraguai terá mudanças para este jogo. Um dos heróis da classificação, o atacante Oscar Cardozo entra no lugar  de Derlis González. O volante Víctor Cáceres, lesionado, cede o posto a Robert Piris. Suspenso por acúmulo de cartões amarelos, o meia Richard Ortiz será substituído por Rodrigo Rojas.

 

Peru x Colômbia

As duas seleções fazem partida decisiva no Estádio Nacional, em Lima, às 20h30 (BSB). Com a derrota para o Paraguai, a Colômbia está em quarto lugar com 26 pontos, um a mais que os peruanos, que seguraram a quinta posição após empate sem gols com a Argentina. Quem vencer garante a vaga. Para o Peru seria uma conquista histórica, já que a seleção não vai a um Mundial desde a edição de 1982, disputada na Espanha.

O técnico Ricardo Gareca acredita que jogar em casa pode ser um diferencial e está otimista.

“Lutamos muito para chegarmos aqui com essa realidade, dependendo apenas do nosso resultado. Algo incrível, pois há quatro rodadas nos colocavam como eliminados. Não podemos deixar isso passar”, afirmou.


 

Tabela de classificação das Eliminatórias Sul-Americanas

 

Brasil - 38 pontos

Uruguai - 28 pontos

Chile - 26 pontos

Colômbia - 26 pontos

Peru - 25 pontos

Argentina - 25 pontos

Paraguai - 24 pontos

Equador - 20 pontos

Bolívia - 14 pontos

Venezuela - 9 pontos

 

Fontes: El País / Gazeta Esportiva

 

Por: Carla Andrade