NOITE FRIA? SÓ DOS PORTÕES PARA FORA

 

Com sensação térmica abaixo dos 6 graus em Porto Alegre, o Internacional bateu o Vasco por 3 a 1, com a força da sua torcida, no Gigante da Beira-Rio, e conseguiu subir ao G-4.

 

Patrick marca o 2º gol colorado, na vitória sobre o Vasco (Foto: Diego Vara/BP Filmes).

Nem mesmo o frio impediu a torcida colorada de lotar o Gigante, e vibrar com a equipe nesta quarta (13). O time de Odair Hellmann foi a campo com Marcelo Lomba, Fabiano, Rodrigo Moledo, Víctor Cuesta, Iago, Rodrigo Dourado, Patrick, William Pottker (Camilo), Nico López, Lucca (Gabriel Dias) e Leandro Damião (Brenner).

E o primeiro tempo começou bem para os mandantes. Logo aos 10 minutos de jogo, Nico López, surpresa na escalação, recebeu de Patrick. Após super arrancada do meio-campista, ele chutou alto para “él dente” abriu o placar. E se já estava bom, a partir daí só deu Inter.

Nico López abriu o placar para o Inter, no Gigante da Beira-Rio (Foto: Ricardo Duarte).

Aos 23, Leandro Damião reclamou de pênalti ao se enrolar com Luis Gustavo na pequena área, mas o juiz não marcou. Pouco depois, Pottker buscou o ângulo do Vasco, mas mandou para fora. No fim, o visitante também assustou. Pikachu obrigou Lomba a voar e espalmar em cobrança de falta, mas quem não faz leva. Aos 39, Nico manda mais um para o fundo da rede, que foi anulado, e aos 44 Patrick ampliou o placar para os anfitriões.

Na segunda etapa, as duas equipes voltaram sem alterações. E a noite estava inspirada para Nico. Nos primeiros segundos, o Uruguaio cruzou fechado, e estourou uma bomba no poste de Fernando Miguel.

Com o resultado, o colorado chegou a dar uma relaxada, e aos 20 minutos Andrey chutou forte e descontou. Mas a noite era nossa, e só termina quando o juiz apita. O Inter continuou insistindo. Aos 21, Leandro Damião soltou uma bomba, após um belíssimo passe de Patrick, mas Fernando Miguel defendeu com o pé. Dois minutos depois, Camilo cobrou falta na cabeça de Víctor Cuesta, e nosso zagueiro artilheiro estufou as redes, selando o placar no Gigante.

Víctor Cuesta marca o 3º gol do Inter, e fecha o placar no Gigante (Foto: Ricardo Duarte).

E foi assim, ao natural que o Inter venceu, e nos mostrou que finalmente o time está tomando forma. Cada rodada que passa, fico mais convencida que nosso Colorado está realmente se incorporando. Time entrosado, se encaixando, mesmo com desfalques importantes. Nico López iniciando a partida e jogando bem, sem oscilar, Patrick dando show, defesa eficiente, tanto na barreira quanto no ataque. Noite de redenção. Enfim, é impossível não sonhar. Que voltem nossos momentos de glória.

Com a vitória, o time soma 22 pontos, e sobe para a 4ª posição, fechando o G-4. Agora, a equipe de Odair só volta a campo após a Copa do Mundo, no dia 19 de julho, quando enfrentará o Atlético-PR, na Arena da Baixada.

 

Pra cima deles, meu INTER!

Melina Bolner