NOITE HISTÓRICA PARA O FORTALEZA NA SUL-AMERICANA

 

 

Foi uma noite histórica para o Fortaleza, com uma apresentação à altura. Só faltou mesmo a bola entrar!

 

(Foto: @Fortalezaec)

 

Nesta noite de quinta-feira (13), o Fortaleza teve sua estreia inédita na Argentina, em Avellaneda contra o Independiente, e o jogo foi realizado às 21h30, sendo o jogo da ida.

 

Na primeira etapa o tricolor mostrou o porquê alcançou um feito histórico, que foi garantir a vaga na competição. Mesmo na casa deles foi forte, insistente, e mostrou um bom futebol sendo até superior que o Rei das Copas. Foram muitas bolas cruzadas, passes para gol, o que faltou foi acertar a pontaria, ou um pouco mais de calma. O que importa é que dentro de campo todos mostraram o que o Clube é: aguerrido, vibrante e forte. 

 

Ainda no primeiro tempo, em cobrança de escanteio para o Leão, caiu um jogador adversário, e com uma demora no atendimento, rolou aquelas reclamações, e com empurra empurra, os jogadores Quintero e Sánchez Miño que estavam querendo brigar acabaram trocando tapas, e o juiz os expulsou de campo. Após a expulsão dupla, o jogo esfriou até o fim da etapa inicial.

 

Recomeçou a partida e Ceni já fez uma mudança: tirou o atacante David e colocou o volante Michel, para segurar mais bola no meio de campo e até atuar na defesa. Mas logo nos 5 minutos de jogo, em troca de passes, Leandro Fernández fez o primeiro gol da partida: 1x0 para o Independiente. Osvaldo, que estava muito bem na partida teve muitas chances, mas nenhuma bola entrava, ou então acabava desviando em algum jogador. 

 

(Foto: EFE)

 

O Leão foi valente o tempo todo, foi para cima, sempre indo ao ataque, mas perdeu gols inacreditáveis. Por várias vezes a bola foi cruzada de Osvaldo para Romarinho, que estava sempre desmarcado na área, porém o atacante ou errava o chute (mesmo sem goleiro), ou entregava a bola de bandeja para o arqueiro adversário. 

 

O jogo finalizou com um placar de 1x0 para os donos da casa, deixando ainda em aberto a vaga para a próxima fase, já que o próximo jogo será na Arena Castelão no próximo dia 27.

 

O tricolor segue vivo e vai em busca de reverter o placar. Com o décimo segundo jogador em campo que é a torcida, a Arena vai ferver. Só os sócios torcedores já confirmados, somam 30.464 pessoas na arquibancada. A torcida que invadiu a Argentina vai mostrar mais ainda como é o caldeirão dentro de casa.

 

Vamos Láion!

 

Por Dayane Maciel


*Esclarecemos que os textos trazidos nesta coluna não refletem, necessariamente, a opinião do Blog Mulheres em Campo.