Nos acréscimos!

 

Estrela de Romero brilha, e o paraguaio marca no finzinho, garantindo a vitória alvinegra

 

Foi no sufoco, mas o Corinthians conseguiu vencer o XV de Piracicaba, neste domingo, na Arena Corinthians. A equipe do interior resistiu até os 47 minutos do segundo tempo, quando Romero aproveitou a sobra de bola e garantiu a vitória do Timão, por 1x0.

 

foto: goal.com.br

 

O atual Campeão Brasileiro, mostrou em campo um futebol mais “raçudo” do que técnico. Sem a base campeã ( Jadson, R. Augusto, Gil, Malcom, Ralf e Vagner Love), que foi negociada, após o furacão chinês e não podendo escalar as novas contratações (Giovanni Augusto, André e Guilherme), Tite teve de usar as peças que antes, apenas compunham o elenco.

Rodriguinho, Romero, Yago, Bruno Henrique, Danilo e Lucca, foram os escolhidos para formar o novo plantel, os dois primeiros viveram em campo, momentos bem distintos. A  Rodriguinho, substituto de Jadson coube a tarefa de cobrar o pênalti que poderia abrir o placar, mas após a cobrança, bateu uma saudade da batida perfeita do ex camisa 10... Já Romero, mesmo com suas limitações técnicas, novamente demonstrou garra em campo, como visto contra o  São Paulo, pelo brasileirão e contra Atlético-MG e Shaktar pela Florida Cup.


 

O Jogo

 

O Jogo? ahhh o jogo, um perfeito sonífero! morno? não bem pior! A partida poderia ter sido resolvida, no primeiro tempo, em dois lances que tiveram participação efetiva da arbitragem.

No primeiro lance, Heitor chegou atrasado na bola e acabou chutando Yago dentro da área. Pênalti. O Corinthians de 2016, não possui um batedor oficial. Já sofríamos vendo as cobranças de falta de Lucca, que por sinal sempre que recebia a bola, isolava. Após a indecisão de Elias, Rodriguinho foi pra bola e chutou a esquerda do gol de Bruno Brígido, mantendo o 0x0 no placar.

 

foto: MAURO HORITA/ AGIF/GAZETA PRESS

 

Dois minutos depois, o XV, balançou as redes com Rodrigo Silva, que aproveitou rebote de Cássio, após cobrança de falta. Mas acertadamente a arbitragem sinalizou impedimento.

O primeiro tempo, resumiu-se a isso! e engana-se quem pensa que o segundo tempo foi melhor!

Tite promoveu a estreia de Marlone aos 15 minutos, substituindo Lucca, para tentar melhorar o sistema de criação alvinegro, mas foi em vão. A equipe continuava lenta e sonolenta em campo. Se você, caro leitor, desviasse o olhar da telinha ou do campo, nada perderia...os cruzamentos eram facilmente interceptados pela zaga adversaria e o XV, limitou-se a se defender.

Na beira do gramado, Tite mandava o time para o ataque e trocou Uendel, por Guilherme Arana. Rodriguinho, pelo visto ouviu o treinador e passou à apostar em lançamentos e em um deles foi feliz. Aos 47, encontrou Elias, que dividiu com o goleiro. Romero, esperto só tocou paras as redes, 1x0.

 

Próximo desafio

 

O Corinthians volta a campo na próxima quinta-feira, diante do Audax em Osasco, às 19:30 pelo horário de Brasília. Já o XV, enfrentará o Rio Claro, Na quarta-feira, no Barão de Serra Negra.

 

#EmBuscado28ºpaulistão

#VaiCorinthians


Mariana Alves, pelo Corinthians, com muito Amor, até o Fim!