Novamente de virada e com direito a goleada, Santos vence o Capivariano na Arena Capivari.

Já classificado para a próxima fase do Paulistão, O Santos viajou até Capivari para enfrentar a equipe do Capivariano que lutava para se manter na série A1.

Como na partida anterior contra a Ferroviária, o time santista começou o jogo desligado, perdendo chances, dando espaços para a equipe de Capivari e falhando muito na defesa, principalmente com Gustavo Henrique que não vem fazendo grandes atuações. Aliás, o Capivariano saiu na frente aos 22 minutos do primeiro tempo em um gol de cabeça de Bruno Maia na falha do zagueiro alvinegro.

Mais uma vez foi necessário levar um gol para a equipe santista acordar, e assim, aos 26 minutos, após boa jogada e cruzamento de Paulinho para Longuine, o meia dividiu a bola com Fabrício que marcou gol contra. Tudo igual na Arena Capivari.

4 minutos depois, o gol da virada - E QUE GOLAÇO! - feito por Ricardo Oliveira que chapelou o goleiro e bateu com tranquilidade após receber um belíssimo passe do Rafael Longuine. 

(Foto: Globo Esporte)

Tudo ia bem, a equipe santista estava indo pra cima, o ataque estava funcionando, mas o problema da equipe estava na zaga. E nos acréscimos, Bruno Maia na sobra, empata para o Capivariano. 2x2, fim de primeiro tempo.

Na segunda etapa, logo aos 13 minutos, Ricardo Oliveira marcou mais uma vez, de rebote, deixando novamente a equipe santista na frente. Aos 21 minutos, o Peixe ampliou o placar com um golaço de cobertura do meia Vitor Bueno. 

E não parou por ai! No final do jogo, aos 42 minutos, Gabriel marcou o dele também após assistência de Vitor Bueno. 5x2 para a equipe alvinegra.

O Capivariano descontou aos 47 minutos com Kleiton Domingues, mas não foi o suficiente para salvar a equipe da derrota. Com o resultado, a equipe de Capivari é rebaixada da série A1 do Paulistão e a equipe santista se consolida líder do grupo A, classificadíssimo para a próxima fase do Paulista e mandante da primeira partida de mata-mata contra o São Bento.

O jogo também serviu para os pendurados Gustavo Henrique, Elano, Gabriel e Thiago Maia aproveitarem e zerarem seus cartões. Apesar de serem desfalques para a próxima partida contra o Audax na Vila Belmiro, os jogadores iniciarão a próxima fase sem cartões. 

VAI PRA CIMA DELES, SANTOS!

Carolina Ribeiro