O BOM E VELHO JOGO DE 6 PONTOS, MAS COM MUITA COISA PRA MUDAR...

CORINTHIANS ENCARA O FLAMENGO DE OLHO NA LIDERANÇA, PRECISANDO RESSUSCITAR O BOM FUTEBOL


 

Três pontos atrás do 1º colocado, o Coringão terá uma chance de ouro para se igualar na liderança do Brasileirão, neste domingo às 16hrs no Maracanã. No entanto, para a partida, Osmar Loss não poderá contar com Emerson Sheik e Romero, que estão no departamento médico.

Os outros desfalques já são conhecidos: Clayson, Ralf e Renê Júnior, em tratamento de lesão e Cássio e Fagner, servindo a seleção brasileira. A boa noticia é o retorno de Maycon, que está de malas prontas para a Turquia, mas ficará até a parada para Copa do Mundo.

A equipe provável terá Walter, Mantuan, Balbuena, Henrique e Sidcley; Gabriel e Maycon; Pedrinho, Jadson, Rodriguinho e Mateus Vital.

 

Foto: Globo Esporte

 

Com a intensa maratona de jogos, os titulares que venceram o América-MG, na quinta-feira, fizeram apenas trabalhos regenerativos, enquanto os reservas participaram de um rachão. Enquanto isso, fico aqui pensando na tristeza que Loss deve sentir ao olhar seus suplentes e ter de se contentar com Kazim, Junior Dutra, Juninho Capixaba, Paulo Roberto e companhia. Será que a diretoria não percebeu o quanto o elenco é limitado? Em meio a três competições duríssimas, nosso presidente ao invés de ir ao mercado, nos presenteia com pérolas do tipo “podem sair mais atletas. não vou segurar ninguém”. Andrés pensa que a Fiel é o que?

Nos últimos jogos, inclusive os com o ex-treinador, já não vinhamos rendendo. Nosso esquema a cada dia mais manjado, vira presa fácil de quem marca Rodriguinho, Maycon e Jadson. Ficamos em campo à mercê!

Infelizmente um texto que era pra ser informativo se tornou um grande desabafo. “Ah mais tá reclamando de barriga cheia”. Olha caro leitor, tenha certeza que não, somente estou cansada de ver a grana do Corinthians indo para o lixo em compra de atletas que mais parecem esquemas com empresários. Afinal alguém consegue explicar a compra do fraquíssimo Marllon?

Poderia ficar horas aqui listando os atletas que o Corinthians compra e ninguém vê, ou os que são colocados em campo para desespero da Fiel. Porque ainda não se livraram de Marquinhos Gabriel? Um jogador sem brio, sem vontade, sem raça, sem coragem, fraco, nem passe acerta! E todo jogo tá lá… no mesmo bê a bá.

Ver o Corinthians diante do fraco América foi de doer os olhos. O time se contentou com tão pouco. Contra o Millonarios tínhamos o jogo nas mãos, mas não tivemos efetividade. Já no Beira Rio, fomos covardes! O jogo era nosso, mas o time fez o que sabe fazer: recuar e assistir. Como se contentar com um time que tem 2 ou 3 jogadas de gol em 90 minutos? Como aceitar tão passivamente?

Quero meu Corinthians do 1x0 que me faça sofrer, que faça meu coração saltar pela boca, mas suando a porra camisa, Correndo atrás! Não um elenco que tira o pé pensando em seleção! Que se dane a seleção! Minha seleção veste preto e branco desde 1910!

Muitos podem atribuir nosso sucesso na temporada passada a sorte, afinal jogamos do mesmo jeito, no erro do adversário, mas não. Jogadores chaves saíram e a diretoria contratou o divino espírito santo.

Hoje, sem dúvida nenhuma é a Fiel que carrega o Corinthians, e muito além do que sempre fez. Não o torcedor modinha que fica metade do tempo vaiando o time, mas sim o corinthiano que honra a alcunha de louco, cantando os 90 minutos sufocando o adversário na voz! O alvinegro que faz o Corinthians mais forte, honrando nossas tradições.

 

 

É como disse essa semana, muitas torcidas querem bater no peito e dizer “Eu nunca vou te abandonar, porque eu te amo”, mas nenhuma quer passar pelo que passamos pra fazer jus a esse canto!

Tem dias que o sentimento está tão aflorado, que as palavras saem facilmente...É mais que um time, vai além de torcer. É minha religião!

Por Mariana Alves