O CaJu 282 também é do Caxias!

 

Com direito a golaço de Julio César, o Caxias derrotou seu rival Juventude em pleno Alfredo Jaconi. O placar de 1 a 0 deixa a equipe grená com vantagem para a partida da volta, que acontece no próximo domingo (9), diante de seu torcedor.

 

Diogo Sallaberry Agencia RBS.jpg

Foto: Diogo Sallaberry - Agencia RBS

 

O JOGO

 

A partida começou equilibrada e com forte marcação. Com mais posse de bola, o Juventude buscava o caminho do gol mas era parado pela defesa grená. Aos 2 minutos, Caion recebeu a bola de Pará e finalizou sem perigo. Bastaram 16 minutos para que o Caxias abrisse o marcador. Júlio César recebeu a bola da intermediária, passou pela marcação e chutou de longe: GOLAÇO DOS CARAS, Juventude 0 x 1 Caxias. Aos 41, Bruno Ribeiro chutou de fora da área para o Juventude, mas a bola saiu pela linha de fundo.

 

Na etapa complementar a bola poucas vezes chegou ao ataque. Aos 41, Wallacer cruzou e Caion desviou de cabeça para o Juventude, mas Marcelo Pitol salvou. O Juventude até tentou chegar ao empate com um chute sem perigo de Wallacer, aos 44. No lance seguinte, Pará cruzou, a bola ficou em um bate e rebate entre grenás e papos, e acabou sendo afastada. Sem tempo para mais nada o juiz apitou o final de jogo. Vitória e festa da torcida visitante.

 

17629762_1914132625486249_1065586917896234428_n.jpg

Foto: Geremias Orlandi


 

O jogo da volta está marcado para o domingo (9), às 11 horas da manhã.

 

FICHA TÉCNICA

JUVENTUDE 0 X 1 CAXIAS

 

DATA: 02/04/2017

HORA: 11 horas

LOCAL: Estádio Alfredo Jaconi - Caxias do Sul

ARBITRAGEM: Márcio Coruja auxiliado por Fabricio Lima Baseggio e Michael Stanislau.

CARTÕES AMARELOS: Fahel, Ruan Renato, Vinicius, Caprini, Lucas (Juventude); Elyeser, Márcio Goiano, Marcelo Pitol (Caxias).

 

JUVENTUDE: Douglas; Vinicius, Wanderson, Ruan Renato e Pará; Fahel, Sananduva (Lucas), Wallacer, Bruno Ribeiro (Taiberson, Dionas Bruno) e Caprini; Caion. Técnico: Gilmar Dal Pozzo.

 

S.E.R. CAXIAS: Marcelo Pitol; Gian, Jean, Edson Borges e Márcio Goiano (Laércio); Geninho (Baiano), Elyeser, Júlio César, Marlon e Reis; Wagner (Reinaldo). Técnico: Luiz Carlos Winck.

 

ME DÁ VIDA E ORGULHO.


Francielle Fabro