O CAPITÃO DECIDE!

Real Madrid vence o Bilbao e fica mais isolado na liderança



 

Foto: Twitter Oficial do Real Madrid 

 

Mantendo a sua boa regularidade no campeonato, o Real Madrid entrou em campo na manhã deste domingo (05) e conquistou a sua sétima vitória desde a volta da La Liga. Faltando quatro rodadas para o fim da competição, o gol decisivo do capitão Sergio Ramos manteve os merengues na liderança com 7 pontos a mais que o rival, embora eles ainda joguem. O próximo compromisso do Real acontece nesta sexta-feira (10), diante do Alavés.

 

"Esta é a nossa força. É disso que se trata. O que estamos mostrando é a nossa força e o nosso equilíbrio. Quando perdemos a bola, todos defendemos e estamos fazendo isso muito bem ultimamente. Faltamos um pouco de faísca no ataque e podemos melhorar, e é isso que vamos fazer. O mais importante é a nossa força defensiva, que mostramos novamente hoje " (Zinedine Zidane)

 

O JOGO:

Jogando fora de casa em San Mamés no clássico diante do Athletic de Bilbao, o técnico Zidane fez algumas mudanças que acabaram resultando em um quarteto brasileiro em campo com Militão (que entrou no lugar do lesionado Varane), Marcelo, Casemiro e Rodrygo. Outra novidade foi a volta de Asensio, após 420 dias, o jogador voltou a ser titular, depois de ter entrado bem na última partida, e ao lado de Benzema e Rodrygo formou mais um rodízio de Zidane no ataque.

O jogo foi complicado para o Real, principalmente, na etapa inicial. Apesar de ter chegado com perigo primeiro no jogo após uma cobrança de falta de Asensio, os merengues encontraram bastante dificuldades e depois desse lance, quem começou a dominar a partida foram os donos da casa, que chegavam sempre através de um jogador: Iñaki Williams. Isso quando o atacante conseguia passar por Militão que fez uma boa partida e não falhou na missão de parar Iñaki. Apesar de aprontar pra cima da defesa merengue o atacante adversário não conseguiu converter as chances que teve em campo em gols, assim como a equipe de Zidane que em um primeiro tempo discreto, conseguiu chegar mais duas vezes com Asensio e ainda perdeu uma grande chance de abrir o placar com Rodrygo que livre de marcação e sem goleiro  acabou cabeceando para fora, uma das melhores chances do Real. 

“Ele fez um ótimo desempenho hoje e no outro dia entrou muito bem contra o Getafe e estou satisfeito por ele. Todos os jogadores estão focados e, quando precisam jogar, tentam dar o melhor de si, o que Militão fez hoje ”. (Zinedine Zidane)

Na segunda etapa, apesar de poucas chances o Real Madrid acabou melhorando, mas ainda encontrava muitas dificuldades no ataque para abrir o placar. Percebendo isso, o técnico já estava pronto para fazer as suas primeiras mudanças no setor e antes de Vinicius Jr entrar no lugar de Asensio, Marcelo foi derrubado dentro da área e depois da revisão do VAR o árbitro marcou pênalti para o Real Madrid. Aos 27 minutos, o capitão artilheiro Sérgio Ramos pegou a bola, foi para a cobrança e abriu o placar para o líder do campeonato. O zagueiro fez o seu gol de número 22 em cobranças de pênaltis consecutivas. Depois de marcar, o Real com sua sólida defesa conseguiu impedir as investidas do adversário e segurar mais um resultado importante na caminhada até o título.

 

Foto: Site Oficial da UEFA

 

Após a partida, Sérgio Ramos, que levou cartão amarelo perto do fim do jogo e não entrará em campo na próxima partida, falou sobre mais uma vitória da equipe e de seus números e recordes em campo:

"A única coisa em que penso é a importância dos três pontos. É em momentos de tensão máxima que me sinto mais confortável e acho que sou a pessoa ideal para assumir essa responsabilidade. As estatísticas pessoais são secundárias, o que eu quero é ajudar o time e vencer esta Liga. Isso é importante. Se eu quisesse reconhecimento ou prêmios pessoais, teria me dedicado ao tênis. O importante é sempre o que você ganha como equipe".

 

Quem também falou após a partida foi o técnico Zidane que mais uma vez se viu obrigado a falar de polêmicas envolvendo os jogos da equipe e o treinador desabafou:

 

"Estou cansado, porque no final sempre falamos sobre a mesma coisa. Parece que vencemos jogos por causa da questão da arbitragem e não o fazemos. Estamos em campo e temos que respeitar o Real Madrid e os jogadores. Isso não vai mudar. Estamos lutando e, como sempre, o árbitro foi ver o incidente e aplicou uma penalidade porque foi uma penalidade ". 

 

Texto: Jessica Martins 

*O conteúdo trazido nesta coluna não reflete, necessariamente, a opinião do Blog Mulheres em Campo